Blog do Prof. Francisco de Assis Sousa

As chuvas de outono em poesia e fotos! (Por Francisco de Assis Sousa)


Por Francisco de Assis Sousa

Foto: Prof. Francisco de Assis SousaOs pingos amarelos das chuvas de outono.
Os pingos amarelos das chuvas de outono.

AS CHUVAS DE OUTONO

A brisa de junho
faz cair as chuvas de outono
inebriadas por pingos amarelos
que se assentam no solo duro
a escorrer pelos riachos nus
de pedras solitárias

A cor do dia
se concentra no azul do céu
de ramagens esparsas
no adornado assovio das cigarras
e no silêncio sincrético
dos bem-te-vis sorridentes

Foto: Rocílio Ribeiro RochaO céu e suas ramagens.
O céu e suas ramagens.
Foto: Prof. Francisco de Assis SousaA linha tênue entre o inverno e a seca.
A linha tênue entre o inverno e a seca.
Foto: Prof. Francisco de Assis SousaO rastro das chuvas de outono.
O rastro das chuvas de outono.
Foto: Prof. Francisco de Assis SousaAs águas do inverno se despedem no outono.
As águas do inverno se despedem no outono.

Deixe seu comentário