Alto Falante

Filho de ex-deputado entra na disputa por vaga de conselheiro do TCE-PI


O processo eleitoral para escolha do novo conselheiro do Tribunal de Contas do Estado do Piauí (TCE-PI) começou com a abertura das inscrições no último dia 13 de agosto. A vaga foi aberta após aposentadoria de Luciano Nunes, que se aposentou do órgão no dia 7 de julho deste ano.

Segundo o edital, os requisitos básicos para concorrer à vaga são: ser brasileiro, possuir mais de 35 anos e menos de 65 anos, ter idoneidade moral e reputação ilibada, possuir notórios conhecimentos jurídicos, contábeis, econômicos financeiros ou administração pública e possuir mais de 10 anos de exercício de função ou de efetiva atividade profissional.

Enquanto na Assembleia Legislativa do Piauí (ALEPI) os deputados estaduais se articulam e buscam apoio politico para definir um nome de consenso entre os parlamentares para a vaga, já surgem na sociedade civil organizada representante com interesse na disputa. Entre os pré-candidatos estão o contador, Roosevelt Figueiredo, atual secretário de Orçamento e Finanças do  Tribunal de Justiça do Piauí (TCE-PI). Em entrevista nesta terça-feira (17) a Rede de Rádio Verdes Campos Sat, o contador  falou do motivo de ser candidato a conselheiro do TCE-PI.

“Decidi me candidatar a esse cargo tão relevante com o propósito de renovar a esperança e poder representar a sociedade civil organizada. Sou contador de formação, pós-graduado em auditoria e perícia, professor universitário de graduação e pós-graduação, com atuação acadêmica a mais de doze anos, sou ficha limpa e preparado para o cargo”, revelou.

Foto: ReproduçãoContador entra na disputa por vaga de conselheiro do TCE-PI
Contador entra na disputa por vaga de conselheiro do TCE-PI

Roosevelt Figueiredo que nunca exerceu cargo político é filho do ex-deputado Francisco de Figueiredo de Mesquita, conhecido como Chico Figueiredo que teve três mandatos de deputados no Piauí (1971-1979/1987-1991), além de vereador de Teresina no período de 1967 a 1971.

Apesar da ligação politica familiar, o pré-candidato que tem 39 anos aposta mesmo é na sua juventude e no espirito de mudança para garantir a vaga e colaborar na defesa dos interesses da população piauiense. “Eu pretendo disputar essa vaga para representar o futuro, a mudança, alguém que tem o compromisso de representar os anseios da sociedade. Temos pauta para propor mudanças na administração pública e, com o apoio popular conseguir quebrar a barreira politica e atingir o nosso objetivo”, explicou.

A Mesa Diretora da Assembleia Legislativa do Piauí (Alepi) definiu recentemente que as inscrições para o processo eleitoral seguem até o dia 27 de agosto e a eleição para a escolha do novo conselheiro irá acontecer no dia 16 de setembro.

Deixe seu comentário