Blog do Prof. Francisco de Assis Sousa

Fotografia: A natureza minúscula de Rosa da Caatinga. Veja fotos!


Foto: Rosa da CaatingaAs abelhas buscam o  néctar .
As abelhas buscam o néctar. 

Rosa Melo, Rosa da Caatinga é professora e, lindissimamente, belissimamente, extraordinariamente uma observadora da vida que corre invisível aos olhos dos que apenas olham, mas não veem e muito menos reparam. Mas a Rosa repara a rosa, a formiga que carrega a rosa e até a rosa da Rosa, linda como a lua nova. É assim que Rosa da Caatinga pinta a caatinga em toda sua plenitude e imensidão transcendente multicor. E o resultado disso é extremamente encantador, assim como o desenho da sua fala: 

Foto: Rosa da CaatingaAs formigas em procissão.
As formigas em procissão.

 “Maio de 2020... um casal de passarinhos fez ninho no ar condicionado do meu escritório. Durante esse isolamento pandêmico essa foi à forma mais subliminar para me conectar com a matriz da natureza - A MATRIZ ESSENCIAL!

A emoção, aflorada, não quis que eu fotografasse a trajetória existencial dos meus hóspedes alados, preferindo que seguissem seu destino sem a minha sombra caindo sobre seu despertar.

Ademais havia múltiplas vidas fervilhando atrás da janela. Pude ver, como diz Manoel de Barros, que “Meu Quintal É Maior do Que o Mundo.”

Numa pequena gota d’água que brincava de escorregar no limbo liso da folha de mororó, eu vi espelhado um amplo universo do qual eu era apenas um reflexo pálido de esperança.

Eu observava as formigas fazendo longas trilhas, enquanto a minha liberdade encontrava-se algemada sob o jugo de uma coroa (Coronavírus). Elas tinham devorado todo o tomateiro e eu apenas indagava sobre as flores que carregavam: - Enfeitariam o trono de uma rainha? O poder é uma relação apenas entre seres humanos?

Bem... mas é maio, e a manhã nasceu azul! Completei 53 anos com a lua apontando novos caminhos. E o vazio do isolamento me encheu de uma luz incandescente, vibrante... que me faz ver além do que uma lente fotográfica é capaz: “Eu vejo a vida mais clara e farta, Repleta de toda satisfação”, como diria Lulu Santos.”

Rosa Melo - #rosadacaatinga

Foto: Rosa da CaatingaO bailar das abelhas no cheiro da flor.
O bailar das abelhas no cheiro da flor.
Foto: Rosa da CaatingaGotas de chuva deslizam pelas folhas.
Gotas de chuva deslizam pelas folhas.
Foto: Rosa da Caatinga
A flor amarela da Rosa.
A flor amarela da Rosa.
Foto: Rosa da CaatingaVoa abelha, voa!
Voa abelha, voa!
Foto: Rosa da CaatingaA lua nova, novíssima lua.
A lua nova, novíssima lua.
Foto: Rosa da CaatingaUma gota de orvalho.
Uma gota de orvalho.
Foto: Rosa da CaatingaAbelhudas flores.
Abelhudas flores.
Foto: Rosa da CaatingaFavos de mel dos filhos da caatinga.
Favos de mel dos filhos da caatinga.
Foto: Rosa da CaatingaPingos de vida.
Pingos de vida.
Foto: Rosa da CaatingaEspinho e fulô.
Espinho e fulô.

Deixe seu comentário