Alto Falante

Onze municípios do Piauí serão contemplados com nova linha de energia


Dando continuidade aos investimentos e melhorias já entregues para a rede de fornecimento de energia do Estado em 2020, a Equatorial já prepara em seu leque de obras a serem entregues, mais melhorias para várias cidades da regional Metropolitana, com a futura entrega da nova linha de distribuição de energia em 69 KV, Teresina III/Altos.

Foto: ReproduçãoO investimento dedicado para a execução da obra é de R$ 12 milhões de reais
O investimento dedicado para a execução da obra é de R$ 12 milhões de reais

De acordo com a assessoria da empresa, a nova linha de distribuição contará com 36 km de extensão e sua implantação tem como objetivo assegurar a qualidade da energia elétrica fornecida, bem como proporcionar a melhoria do atendimento e o nível de tensão a todos os municípios atendidos.

O investimento dedicado para a execução da obra é de R$ 12 milhões de reais e impactará positivamente o fornecimento de energia de 11 municípios. No total, a melhoria chegará para uma população de mais de 150 mil habitantes dos municípios de Altos, Coivaras, Pau D'arco do Piauí, Beneditinos, Prata do Piauí, Alto Longá, Novo Santo Antônio, Castelo do Piauí, São Miguel do Tapuio, Buriti dos Montes, Assunção do Piauí.

A linha, que tem previsão de entrega para o final do 2º semestre de 2021, encontra-se na fase de estudos do projeto executivo, que consiste na análise topógrafica, sondagem e engenharia. Em paralelo, também estão sendo providenciados os licenciamentos para garantia da segurança e sustentabilidade do empreendimento. As obras em campo estão previstas para iniciarem em junho de 2021.

Antônio Simões, Gerente de Obras e Manutenção da Equatorial Piauí destaca que essa linha promoverá uma nova melhoria no atendimento de tensão para a região metropolitana, próxima à capital. “Esssa nova linha com previsão de entrega para 2º semestre de 2021, garantirá um reforço de energia a esta importante região do Estado que nos últimos anos cresceu exponencialmente junto com a capital, tanto no aspecto populacional, como no aspecto estrutural, com maior desenvolvimento e chegada de empresas, indústrias e comércios que demandam maior e melhor qualidade no fornecimento de energia’’ destaca o gerente.

Deixe seu comentário