Blog do Prof. Francisco de Assis Sousa

Por dentro da caatinga: A flor da jurema branca. Veja fotos!


Imagem: Prof. Francisco de Assis SousaA jurema branca embelezando o ambiente.(Imagem:Prof. Francisco de Assis Sousa)A jurema branca embelezando o ambiente.
Foto: Prof. Francisco de Assis SousaAs flores de depois da chuva.
As flores de depois da chuva."É primavera, te amo!"

A flor da jurema branca embeleza o ambiente povoado pela caatinga. Ela é a responsável, no momento, pelo quadro natural que encanta os olhos e enche de energia a nossa alma. Com as chuvas que caíram na região nos primeiros dias de novembro, a jurema branca rebentou em flor e um singelo  jardim suspenso tingiu de branco a vegetação. Veja fotos!

Foto: Prof. Francisco de Assis SousaSertão multicor.
Sertão multicor.
Imagem: Prof. Francisco de Assis SousaAs flores da primavera.(Imagem:Prof. Francisco de Assis Sousa)As flores da primavera.
Imagem: Prof. Francisco de Assis SousaAs cores da primavera.(Imagem:Prof. Francisco de Assis Sousa)
As flores de novembro!
Foto: Prof. Francisco de Assis SousaManhãs brancas de novembro.
Manhãs brancas de novembro.
A primavera se manifesta no seio da caatinga.(Imagem:Prof. Francisco de Assis Sousa)A primavera se manifesta no seio da caatinga.
Imagem: Prof. Francisco de Assis SousaFlores brancas ilustram o manto seco.(Imagem:Prof. Francisco de Assis Sousa)Flores brancas ilustram o manto seco.
Imagem: Prof. Francisco de Assis SousaA manifestação do belo na flor da jurema branca.(Imagem:Prof. Francisco de Assis Sousa)A manifestação do belo na flor da jurema branca.
Foto: Prof. Francisco de Assis SousaUm convite ao sonho e a imaginação.
Um convite ao sonho e a imaginação.

Deixe seu comentário