Espaço Jurídico

Roosevelt Figueiredo lança candidatura para Conselheiro do TCE-PI


Ao ser procurado acerca do interesse em se candidatar à vaga de Conselheiro do TCE-PI, aberta com a saída compulsória do Conselheiro Luciano Nunes, o professor Roosevelt Figueiredo respondeu que possui interesse em disputar o cargo, desde que seja a vontade popular e que se tenha a aceitação de um nome não político.

Segundo ele, a classe política é admirável e fundamental por ser um dos pilares da administração pública. Ele explica que sua admiração vem do sangue, pois é filho do ex-deputado ChicoFigueiredo (PMDB à época), figura política que ficou conhecida pela forma aguerrida da defesa popular e por sua eloquência em representar as diversas classes sociais na Tribuna. 

Foto: ASCOM TJ-PI'Coloco meu nome à disposição para servir ao meu Piauí', assinala Roosevelt Figueiredo
'Coloco meu nome à disposição para servir ao meu Piauí', assinala Roosevelt Figueiredo

"Preencho os requisitos, por ser bacharel em  Ciências Contabeis, pós graduado em auditoria e perícia contábil. Atuante em contabilidade pública, gestão pública e auditoria há mais de 16 anos. Tenho artigos publicados em revistas, inclusive do TCE-CE, livros digitais e diversas palestras em atuação acadêmica e profissional. Em cargos de gestão, possuo experiência há mais de 17 anos no Tribunal de Justiça, tendo ocupado cargos de assessoria e direção, como o de Coordenador Geral do FERMOJUPI de 2008-2014 e de Secretário de Orçamento e Financas de 2014 até a gestão atual", destaca Roosevelt Figueiredo. 

Sua atuação inclui participação em sessões administrativas, como conselheiro do FERMOJUPI, como julgador de processos Administrativos Fiscais, e assessoramento do PPA, LDO e LOA, bem como integrante de diversas comissões internas no TJPI. Figueiredo também foi integrante e presidente de comissões técnicas no TJPI e no Conselho Regional de Contabilidade, além de já ter atuado profissionalmente como auditor governamental independente, e ser conhecedor de todas as esferas da administração pública. 
 
Ele detalha que possui estilo moderado e bastante discreto, o que o levou a assessorar 10 Presidentes do TJPI com lealdade e zelo, demonstrando o seu perfil estável, técnico e com circulação harmônica nos demais Poderes do Estado.

Ele pontua, ainda, que não será candidato representando um órgão, mas tão somente, a  vontade popular, razão pela qual coloca seu nome à disposição para engrandecer o processo democrático de escolha feito pela ALEPI.

“Coloco meu nome à disposição para servir ao meu Piauí", assinala Roosevelt Figueiredo.

Deixe seu comentário