Administrador do Mercado da Cohab é morto a tiros em São Luís

Dimas Araújo foi atingido a tiros na manhã desta quinta-feira. Motivo do crime seria desentendimento relacionado à própria feira.

Foto: Reprodução / Web Administrador da feira da Cohab morto no local de trabalho
Administrador da feira da Cohab morto no local de trabalho

O administrador do Mercado Municipal da Cohab, em São Luís, Dimas Garcia Araújo, de 39 anos, foi morto a tiros na manhã desta quinta-feira (17) na área da feira. A Polícia Militar chegou ao local logo após o crime. Segundo testemunhas, um feirante identificado como Nilson foi quem matou Dimas.

De acordo com informações de testemunhas, Dimas foi morto a tiros devido desentendimento com Nilson sobre questões relacionadas ao mercado, que é um dos mais frequentados da capital.

Como o mercado deve passar por reformas, alguns feirantes vão sair da área interna para barracas montadas em frente à sede. Por este motivo, uma discussão entre ambos começou na quarta-feira. Na manhã desta quinta, a Polícia Militar informou que testemunhas disseram que Nilson se aproximou de Dimas e disparou cinco vezes, sendo que pelo menos três atingiram a vítima, que teve morte confirmada no local.

Ainda não há informações sobre o velório da vítima. Dimas Garcia Araújo que também era funcionário da Secretaria Municipal de Agricultura, Pesca e Abastecimento (Semapa) de São Luís, deixa esposa e dos filhos.

Por meio de nota, a Prefeitura de São Luís lamentou a morte de Dimas Garcia e afirmou que está prestando toda a assistência necessária para a família da vítima, que trabalhou por 12 anos como funcionário municipal. Veja a nota na íntegra abaixo.

Nota de pesar da Prefeitura de São Luís:

"A Prefeitura de São Luís manifesta o mais profundo pesar pela morte de Dimas Garcia Araújo, funcionário da Secretaria Municipal de Agricultura, Pesca e Abastecimento (Semapa), ocorrida na manhã desta quinta-feira (17). O servidor exercia o cargo de gerente do Mercado da Cohab.

A Prefeitura informa que aguarda a apuração do caso pela polícia e que está prestando toda a assistência necessária para a família do servidor, que exerceu relevante serviço nos seus 12 anos de atuação no Município. Dimas tinha 39 anos e deixa esposa e dois filhos."

Fonte: G1 MA

Deixe seu comentário