Alunos denunciam falta de estrutura de escola na zona Sul de Teresina

O Centro Estadual de Tempo Integral (CETI) Solange Sinibu Viana Área Leão, não conta na lista das escolas que serão reformadas com os recursos do Fundef.

Foto: Divulgação/ ALEPI Deputada Lucy Soares denuncia que CETI do Promorar continua insalubre.
Deputada Lucy Soares denuncia que CETI do Promorar continua insalubre.

Os estudantes do Centro Estadual de Tempo Integral (CETI) Solange Sinibu Viana Área Leão, localizado no bairro Promorar, região Sul de Teresina, vão continuar assistindo as aulas em um prédio insalubre, caso as atividades presenciais sejam retomadas ainda neste segundo semestre. Foi o que constatou a deputada estadual Lucy Soares (PP) em mais uma visita à escola.

No mês de novembro de 2019, a parlamentar esteve no CETI e encontrou cerca de 400 alunos usando banheiros químicos por conta da precariedade dos banheiros físicos da escola. Diante da situação, Lucy apelou para que a Secretaria de Estado da Educação (Seduc) reformasse a escola.

Os banheiros químicos foram retirados, mas a falta de estrutura continua a mesma e sem perspectiva de início das reformas, já que o CETI não conta na lista das escolas que serão recuperadas com os recursos do precatório do Fundo Nacional de Manutenção e Desenvolvimento do Ensino Fundamental e de Valorização do Magistério (Fundef).

“Se as aulas presenciais forem retomadas, os banheiros também voltarão”, questiona Lucy Soares, que acrescenta: “Pedimos que o CETI seja contemplado com o Fundef. Os nossos alunos, os nossos adolescentes, merecem retornar às aulas com uma estrutura adequada”.

Fonte: ALEPI- Assembleia Legislativa do Piauí

Deixe seu comentário