Após apuração do MP, concursos de prefeituras podem ser suspensos

Certames foram organizados pela empresa Crescer Consultoria, um dos alvos da Operação “Dom Casmurro”, deflagrada ontem

Foto: Ilustrativa Concursos
Concursos

O concurso público da Prefeitura de Altos poderá ser suspenso devido uma recomendação administrativa expedida pela 2ª Promotoria de Justiça de Altos. O certame foi organizado pela empresa Crescer Consultoria, um dos alvos da Operação “Dom Casmurro”, deflagrada ontem (07) pela Polícia Civil.

De acordo com as investigações preliminares, a banca estava envolvida em esquema de fraudes a licitações no município de Cocal. A recomendação também foi direcionada ao município de Coivaras, já que segundo o Ministério Público consta como termo judiciário da comarca de Altos, e estaria realizando teste seletivo por meio da mesma empresa.

“Os certames podem apresentar irregularidades, a partir de fatos que eventualmente serão revelados no decorrer da operação. Por isso, instauramos procedimento administrativo para pleno acompanhamento de todas as fases de apuração do caso”, explica o promotor de Justiça Paulo Rubens Parente Rebouças.

O concurso público promovido pela Prefeitura de Altos consta como encerrado e encontra-se em fase de nomeação de aprovados. Já em Coivaras, foi divulgado o resultado final para posterior homologação. Nos termos da recomendação, as duas Prefeituras devem se abster de realizar nomeações – no caso de Altos, pelo prazo de até 90 dias – até que se esclareça a existência de eventual fraude no processo de contratação da empresa organizadora.

Fonte: *Com informações do MP-PI

Deixe seu comentário