Após uma semana internado, morre o jornalista Egídio Brito

Egídio estava internado em coma na UTI do hospital Unimed desde o dia 27 de setembro com vômito e dores no punho

Foto: Arquivo Pessoal Jornalista Egídio Brito
Jornalista Egídio Brito

Faleceu no início da tarde desta sexta-feira (04), o jornalista Egídio Brito, 32 anos. Egídio estava internado em coma na UTI do hospital Unimed desde o dia 27 de setembro com vômito e dores no punho.

No dia 29, chegou a ser veiculada a notícia de que Egídio havia falecido supostamente vítima de meningite meningocócica. Já na segunda-feira (30/09), um boletim médico divulgado pelo Hospital Unimed desmentiu a informação relatou que o quadro clínico do jornalista permanecia estável.

Saiba mais: "Boletim desmente morte cerebral e médicos descartam meningite de jornalista"

Até então o jornalista seguia internado na UTI e segundo o boletim, o diagnóstico de meningite foi descartado pelos médicos. Porém, os profissionais continuaram avaliando o quadro do paciente para emitir um novo diagnostico.

O jornalista morreu ao sofrer edema cerebral e insuficiência renal. A equipe médica suspeita de uma meningite viral. 

Nas redes sociais, colegas de profissão lamentam a morte do jornalista.

Foto: Reprodução/InstagramO jornalista Marcelo Fontenele era amigo de Egídio Brito
O jornalista Marcelo Fontenele era amigo de Egídio Brito

Deixe seu comentário