Cadeiras, manequins e até pedras são usados para guardar lugar em fila para biometria em Fortaleza

Eleitores denunciam que alguns espaços são vendidos por R$ 20, R$ 50 e até R$ 100, dependendo da posição

Foto: reprodução/Diário do Nordeste Cadeiras e até manequins são utilizados por algumas pessoas para guardar o lugar na fila da biometria em Fortaleza. Eleitores denunciam venda de senha.
Cadeiras e até manequins são utilizados por algumas pessoas para guardar o lugar na fila da biometria em Fortaleza. Eleitores denunciam venda de senha.

Eleitores que querem garantir o atendimento para fazer o cadastro da biometria no posto do Tribunal Regional Eleitoral do Ceará (TRE-CE) localizado na Central Vapt-Vupt do Bairro Antônio Bezerra, em Fortaleza, estão marcando os lugares desde o dia anterior com cadeiras, manequins, pedras, banquinhos, almofadas e até pedaços de ventilador para não perderem o lugar. Na manhã desta quarta-feira (27), muitos reclamaram que não conseguiram uma senha porque algumas dessas vagas eram guardadas por pessoas que as vendem.

Alguns eleitores dizem que desde a noite de terça-feira (26) já se encontravam na fila mais de 200 pessoas guardando os lugares para futuramente vendê-las. Um deles contou ao Diário do Nordeste que o espaço é vendido por R$ 20, R$ 50 e até R$ 100, dependendo da posição na fila. 

O prazo para realizar o cadastramento biométrico se encerra nesta sexta-feira (29). O eleitor que não comparecer até o prazo estabelecido pela Justiça Eleitoral terá o título cancelado, podendo gerar uma série de consequências, inclusive a suspensão do CPF.

Distribuição de senhas

No Vapt-Vupt do Antônio Bezerra, funcionários do TRE-CE, compartilham todos os dias 200 senhas para os atendimentos da biometria.  Por volta das 6h15, os funcionários abrem os portões e iniciam a distribuição delas. Mas, segundo eleitores, boa parte destas senhas são dadas a quem vende a vaga na fila.

Um eleitor, que não quis se identificar, confessou que pagou R$ 150 para obter um lugar para ele e a esposa. “Muito triste essa situação, mas a culpa é nossa mesmo”, admitiu.

Agendamento e ordem de chegada

O mutirão de cadastramento biométrico do TRE-CE acontece até a sexta-feira no Centro de Eventos do Ceará, onde milhares de pessoas são atendidas diariamente, e nas unidades do órgão localizadas nos Vapt-Vupts do Antônio Bezerra e de Messejana, no Parque das Crianças, e no CITS José Walter, com menor capacidade de atendimento. Neste locais, as pessoas são atendidas por ordem de chegada, mediante a distribuição de senhas e respeitadas as prioridades legais, de segunda a sexta, das 8h às 17h. 

Já os postos instalados nos shoppings atendem somente mediante agendamento, assim como o posto do CCDH do Conjunto Ceará e da Uece-Itaperi. 

Para realizar a biometria é necessário levar apenas um documento com foto e um comprovante de endereço.

Mais informações sobre o recadastramento biométrico, o eleitor poderá ligar para o telefone 148 ou acessar o link na página do TRE-CE na internet.

Fonte: Diário do Nordeste

Deixe seu comentário