Caso Salve Rainha: Moaci Moura tem prisão preventiva decretada pelo TJ - PI

A decisão aconteceu após a suspeita de que o acusado estaria com plano de sair do Piauí sem a devida autorização judicial

Nesta quinta-feira (08) o Tribunal de Justiça do Piauí (TJ-PI) expediu um mandado de prisão preventiva contra Moaci Moura, acusado de homicídio no trânsito e omissão de socorro no Caso Salve Rainha no ano de 2016. O acidente resultou na morte dos irmãos Francisco das Chagas Júnior e Bruno Queiroz e deixou um amigo das vítimas Jader Damasceno com sequelas.



De acordo com informações TJ-PI, a decisão aconteceu após a suspeita de que o acusado estaria com plano de sair do Piauí sem a devida autorização judicial, descumprindo uma medida cautelar. Foi apresentado como prova para a solicitação da prisão preventiva um “print” de uma foto publicada na rede social de um amigo de Moaci em junho deste ano que continha a legenda: “Meu amigo véi vai fazer falta no Piauí!!!”.



Além da publicação, que a justiça considerou com tom despedida, Moaci já havia descumprido outras medidas cautelares. O acusado havia, posteriormente, deixado de comparecer mensalmente ao juízo para justificar suas atividades e foi alertado sobre a possibilidade da prisão preventiva caso ocorresse novo descumprimento das medidas impostas.



A decisão foi tomada pelo Desembargador Sebastião Ribeiro Martins.



Imagem: Divulgaçãokfifrmfçok(Imagem:Divulgação)


Deixe seu comentário