Cerca de 61% dos leitos de UTI no Piauí estão ocupados

O Piauí têm cerca de 3.550 pessoas infectadas pela doença provocada pelo novo coronavírus (Covid-19).

Foto: Reprodução/ Internet Leitos exclusivos para tratamento de pacientes da Covid-19.
Leitos exclusivos para tratamento de pacientes da Covid-19.

O rápido aumento nos casos de Coronavírus no Piauí tem provocado também um aumento na ocupação de Leitos Clínicos (39%), de UTI (61%) e de Estabilização (11%). De acordo com o último levantamento divulgado pela Secretaria de Estado da Saúde (Sesapi), neste domingo (24), o Piauí têm cerca de 3.550 pessoas infectadas pela doença provocada pelo novo coronavírus (Covid-19).

Foto: CCOMDados referente ao último domingo (24)
Dados referente ao último domingo (24)

Ainda de acordo com o levantamento, cerca 110 pessoas já morreram com a Covid-19. Por outro lado, o estado conta com 5.031 pessoas que não estão com a doença, e 374 pessoas que estavam infectadas e internadas em hospitais do estado, já tiveram alta. 

Umas medidas adotadas pelos especialistas para evitar que o número continue avançando rapidamente, é com o isolamento social, assim, quanto menor for o fluxo de pessoas nas ruas das cidades, menor será a chance do vírus se espalhar para mais pessoas.

Além do isolamento, é preciso que as pessoas possam lavar bem as mãos com água e sabão líquido ou álcool em gel 70%, usar máscara ao sair de casa e cobrir o rosto ao tossir ou espirrar, dessa forma, o indivíduo não irá transmitir o vírus para mais pessoas.

Para os especialistas, o índice necessário de isolamento para evitar que haja um colapso na rede de saúde pública e privada do estado, é de 73%, mas o Piauí ainda continua muito abaixo desse número. Mesmo com a antecipação de feriados públicos, que para os pesquisadores, durante feriados as pessoas costumam ficar mais tempo em casa.

No último levantamento feito pela interface de monitoramento, InLoco, o Piauí conseguiu alcançar, nos dias 22, 23 e 24 de maio, o índice de, aproximadamente, 54% de isolamento domiciliar. O resultado se deve à antecipação, em Teresina, do feriado da Imaculada Conceição, do dia 8 de dezembro para a sexta-feira (22) e ao decreto estadual com medidas mais rígidas para esses três dias.

Deixe seu comentário