Chinesa faz cirurgias plásticas para fugir de dívidas milionárias

A caloteira também confessou ter usado a identidade de outras pessoas para viajar pelo país de trem

Foto: Reprodução/Internet Chinesa faz cirurgias plásticas para fugir de dívidas milionárias
Chinesa faz cirurgias plásticas para fugir de dívidas milionárias

 Uma mulher de 59 anos da cidade chinesa de Wuhan, no centro do país, transformou sua aparência por meio de cirurgias plásticas para fugir de cobranças de dívidas pessoais no valor de 25 milhões de yuan (R$ 11 milhões), de acordo com a mídia local.



Em um retrato da dificuldade que a China vem enfrentando para criar a cultura do crédito financeiro na sociedade, os policiais afirmaram que ficaram “atônitos” após prenderem a mulher, que fugiu para a cidade de Shenzhen após um tribunal de Wuhan ter decretado que ela deveria quitar a dívida. “Nós ficamos muito surpresos na cena”, disse um oficial. “Ela parecia ter trinta anos e estava diferente das fotos que tínhamos.”



A caloteira também confessou ter usado a identidade de outras pessoas para viajar pelo país de trem. Ela financiou os procedimentos estéticos usando cartões de banco emprestados. Representantes de cidades chinesas estão criando medidas para evitar que mais casos assim aconteçam, enquanto o crédito financeiro vem se popularizando na nação.



Em Jiangsu, por exemplo, os devedores são colocados em uma lista e, quando algum cidadão liga para as pessoas na mira da justiça, ele escuta uma mensagem gravada pedindo que alerte o devedor sobre a necessidade de cumprir suas obrigações legais.

Deixe seu comentário