Cinco mulheres e um homem são mortos em chacina na cidade de Touros, RN

Crime aconteceu na noite desta quarta-feira (21). Entre as vítimas, estão duas adolescentes, uma de 13 e outra de 15 anos. Ninguém foi preso.

Foto: Reprodução \ Web Vítimas foram mortas em duas casas vizinhas, na Rua Praia de Touros, em Touros
Vítimas foram mortas em duas casas vizinhas, na Rua Praia de Touros, em Touros

Cinco mulheres e um homem, quase todos da mesma família, foram mortos a tiros na noite desta quarta-feira (21) na cidade de Touros, no litoral Norte potiguar. Entre as vítimas, encontradas em duas casas vizinhas, há duas adolescentes: uma de 13 e outra de 15 anos. Pelo menos dez crianças estavam nos imóveis, mas não foram feridas. Ninguém foi preso.

Segundo a Polícia Militar, pelo menos quatro pessoas armadas de espingardas e pistolas participaram da chacina. Os bandidos chegaram em dois carros. Cada um parou na frente a uma das casas, que tiveram os portões arrombados.

Chamada logo após os disparos, a PM fez buscas na região do crime, mas nenhum suspeito foi encontrado.

As vítimas

As vítimas são:

Francisca de Assis de Melo, de 54 anos;

Marise Melo da Costa, de 29 anos;

Azinete Santos Costa, de 26 anos;

Manoelle de Assis de Melo Costa, de 15 anos;

Emilly Kaliane Melo da Silva, de 13 anos;

e um homem ainda não identificado oficialmente.

Das mulheres que foram assassinadas, a mais velha é Francisca de Assis de Melo, mãe de Marise Melo da Costa e de Manoelle de Assis de Melo Costa, que também foram mortas. Emilly Kaliane Melo da Silva é filha de Marise e neta de Francisca.

Nas duas casas, segundo a polícia, havia pelo menos 10 crianças. As menores são dois bebês de 3 e 5 meses de vida. O mais velho tem 11 anos. Algumas delas brincavam na área de uma das casas quando os criminosos chegaram.

Os assassinos pouparam as crianças, que fugiram com medo. O Conselho Tutelar da cidade foi chamado pela polícia para fazer o acolhimento delas.

Capsulas de munições de grosso calibre e de pistola foram recolhidas durante a perícia. Ficou constatado que Francisca, além ter sido atingida por disparos, ainda chegou a ser esfaqueada.

A Polícia Civil de Touros trabalha para descobrir o que motivou as mortes.

Fonte: G1

Deixe seu comentário