Confirmada primeira morte por H1N1 no Piauí este ano

A Fundação Municipal de Saúde de Teresina (FMS) confirmou a informação neste domingo

A vítima é o motorista da Secretaria Estadual da Saúde (Sesapi) de iniciais F.L.S, de 52 anos. A Fundação Municipal de Saúde de Teresina (FMS) confirmou a informação neste domingo (06). Esta é a primeira morte por Gripe H1N1 no Piauí em 2018.

Segundo a FMS, o motorista morreu no dia 30 de abril, após ter se recusado a ficar internado na primeira vez que foi ao hospital apresentando os sintomas do vírus, quando retornou, o quadro dele já era gravíssimo e foi irreversível.

A FMS alerta que pessoas com doenças crônicas que apresentem síndrome gripal aguda devem procurar o serviço de saúde o mais rápido possível para que sejam tomadas as devidas providências em caso de diagnóstico de H1N1.

Cuidados

A FMS emitiu nota informando ainda que todas as pessoas precisam tomar alguns cuidados de prevenção às diversas viroses, incluindo a gripe, também chamada de Influenza. “Devemos manter os locais sempre arejados, janelas abertas, passagem de ar. Precisamos lavar as mãos várias vezes ao dia, do cotovelo até aponta dos dedos, inclusive de crianças pequenas. A educação doméstica é fundamental. Quando tossir não levar as mãos à boca sem um lenço descartável. Caso sinta sintomas de gripe, hidratar bem o corpo para urinar transparente feito a água que bebe, durante 24 horas do dia”, enfatiza Amariles Borba.

A diretora de vigilância em saúde, que também é médica, informa que a alimentação saudável é fundamental para recuperação do corpo perante uma gripe. “Devemos nos alimentar de alimentos naturais, que contenham vitaminas. Evitar ao máximo os alimentos industrializados, e como já falei manter o corpo hidratado”.

A Influenza é uma infecção viral aguda que afeta o sistema respiratório. A transmissão ocorre por meio de secreções das vias respiratórias da pessoa contaminada ao falar, tossir, espirrar ou pelas mãos, que após contato com superfícies recém-contaminadas por secreções respiratórias pode levar o agente infeccioso direto a boca, olhos ou nariz.

O dia D de mobilização da campanha de vacina contra a gripe será dia 12 de maio. Fazem parte dos grupos prioritários os indivíduos com 60 anos ou mais de idade, as crianças na faixa etária de seis meses a menores de cinco anos de idade, as gestantes, puérperas (até 45 dias após o parto), os trabalhadores da saúde, os professores das escolas públicas e privadas, portadores de doenças crônicas não transmissíveis e outras condições especiais, a população privada de liberdade e os funcionários do sistema prisional.

Deixe seu comentário