Conmebol estuda possibilidade de final da Libertadores ser em dois jogos, diz site

Com protestos tomando conta de Santiago, Conmebol analisa alternativas para a final da Libertadores deste ano, que será disputada entre River Plate e Flamengo

Foto: Reprodução / Web River Plate e Flamengo vão disputar a grande final da Libertadores de 2019
River Plate e Flamengo vão disputar a grande final da Libertadores de 2019

A final da Copa Libertadores de 2019 pode não ser realizada em jogo único. Com a onda de protestos que tomou conta de Santiago, no Chile (onde está previsto o jogo decisivo da competição), a Conmebol estaria estudando alternativas para a realização da grande decisão da competição, a ser disputada entre River Plate e Flamengo.

E, de acordo com a 'TNT Sports', uma alternativa cogitada pela entidade sul-americana é o cancelamento do jogo único e o retorno ao formato anterior, com duas partidas. De acordo com informações do site argentino, a Conmebol vai convocar os dois clubes para uma reunião em Assunção na próxima semana para bater o martelo em relação ao assunto.

Caso as partes optem pela volta do modelo em dois jogos, a partida de ida seria realizada no Monumental de Núñez - estádio do River Plate - e o jogo que definiria o grande campeão seria disputado no Maracanã. Ainda não há informações quanto às datas dos possíveis duelos.

Apesar da Conmebol estar cogitando uma mudança na partida por conta do cenário atual de Santiago, o Flamengo não crê em uma possível troca no formato de disputa da final, já que o regulamento da competição prevê a disputa da grande decisão em partida única.

A Conmebol, por sua vez, divulgou em sua conta oficial no Twitter que teve nesta terça (29) uma audiência com a federação e o presidente chileno para tratar dos preparativos para a final.

Fonte: Esporte Interativo

Deixe seu comentário