Devido vestimenta, cliente tem atendimento negado em lanchonete de Teresina

O estudante universitário Davi Lutasi relatou em suas redes sociais o ocorrido

Atualizada às 17h00

Uma filial de uma grande rede de lanchonete da capital, localizada na zona leste, se manifestou nesta terça-feira (04), depois de um dos funcionários recusar-se a atender um cliente. O motivo seria o fato do rapaz estar usando uma blusa modelo cropped masculina.

O estudante universitário Davi Lutasi relatou em suas redes sociais o ocorrido. Indignado com a situação, ele gravou vídeos em seus stories no Instagram. 

“Ele [funcionário] disse que não ia me atender, eu nem ia comer nada, mas ele disse que se eu quisesse, ele não ia me atender porque eu estava sem camisa", disse Davi. 

Ainda em suas redes social ele afirmou: "Se fosse qualquer uma das meninas com a mesma roupa ele não ia falar nada".

Em seguida, Davi disse que ia filmar o funcionário e seguiu em direção ao próprio: “foi esse senhor que disse que estou sem camisa né não aceita o cropped masculino”. Moço? O funcionário confirmou: "[Ele] está sem camisa".

Por meio de nota divulgada hoje também no Instagram, o estabelecimento afirmou que o comportamento do colaborador foi inadequado, e que infringiu as regras do regulamento interno, bem como suas práticas de atendimento aos seus clientes. 

Em nova nota divulgada na tarde de hoje (04), a lanchonete informou que esteve em reunião com o cliente e que a pedido do mesmo o funcionario não será demitido. 

Confira a nota do Dogão sobre o caso na íntegra:

"O DOGÃO, sempre buscando o desejo social e de seus clientes, entrou rapidamente em contato com o Sr. @davilutasi, onde fora realizada uma reunião, pois buscamos sempre ouvir as partes envolvidas, colaborador e cliente. Conversamos com o Sr. Davi, começamos um entendimento, e conforme PEDIDO do mesmo, o colaborador teve sua demissão CANCELADA.
Reforçaremos o treinamento de atendimento ao cliente de toda a equipe, através de palestras e esclarecimentos. A família DOGÃO sempre prezou pelo respeito e admiração de nossos clientes, por isso buscaremos ações concretas que reforcem este sentimento. Acreditamos que "todo ser humano deve ser respeitado em sua essência". Reiteramos nosso pedido de desculpas ao Sr. @davilutasi e para todos os nossos clientes!"

Deixe seu comentário