Em reunião com veteranos, Kim Jong Un admite dificuldades causadas por embargo

Líder norte-coreano comparou cenário com países em situação de guerra; segundo ele, crise mundial de saúde também tem causado sofrimentos ao povo
Por Redação Verdes Campos Sat 28 de Julho de 2021 às 20:30

Foto: Reprodução / Internet Em reunião com veteranos, Kim Jong Un admite dificuldades causadas por embargo
Em reunião com veteranos, Kim Jong Un admite dificuldades causadas por embargo

O líder norte-coreano Kim Jong Un disse que o país enfrenta dificuldades causadas por um embargo prolongado em meio a crise de saúde global causada pela pandemia da Covid-19, informou a mídia estatal nesta quarta-feira (28). 

Em um vídeo transmitido pela televisão estatal KRT, Kim e seus principais assessores foram vistos participando da Conferência Nacional de Veteranos de Guerra com mais de mil veteranos nesta terça-feira (27). Eles assistiram a uma exibição de fogos de artifício em frente ao monumento sobre a Guerra de Libertação da Pátria, em Pyongyang.

"Hoje, as dificuldades e sofrimentos causados ??pela crise mundial de saúde, sem precedentes na história, e o bloqueio prolongado não são menos duros para nós do que [para] aqueles em situação de guerra", disse Kim durante seu discurso no 68º aniversário da Guerra da Coreia de 1950-1953, quando foi firmado o armistício.

Em junho, o líder norte-coreano havia mencionado que o páis enfrentava escassez de alimentos enquanto os preços de produtos básicos subiam vertiginosamente. Segundo Kim, a situação dos suprimentos de alimentos estava "ficando tensa".

Ao contrário da conferência do ano passado, Kim não discutiu a dissuasão nuclear, mas disse que as Forças Armadas norte-coreanas estão totalmente preparadas para lidar com qualquer mudança de cenário ou ameaça.

Fonte: CNN BRASIL

Deixe seu comentário