Exército Brasileiro irá atuar no combate às enchentes e à Covid-19

Em meio à crise da pandemia, o Exército ainda vai poder contribuir com a sociedade piauiense neste momento de enchentes.

Foto: CCOM Governador do estado se reúne com Exército para o combate de enchentes e ao coronavírus.
Governador do estado se reúne com Exército para o combate de enchentes e ao coronavírus.

O governador Wellington Dias se reuniu, nesta quinta-feira (26), com representantes do Exército Brasileiro e secretário de Estado da Saúde, Florentino Neto, para discutir o trabalho integrado que será feito no Piauí, junto as forças armadas em combate à pandemia da Covid-19. As equipes do Exército irão atuar nos aeroportos de Teresina e Parnaíba, bem como nas divisas do estado.

Os soldados também vão dar apoio as polícias Militar, Civil e Polícia Rodoviária Federal (PRF), além disso, vão trabalhar de maneira integrada com as equipes de saúde municipal, estadual, Vigilância Sanitária e coordenada pela Comissão Organizadora Emergencial do Piauí.

Em meio à crise da pandemia, o Exército ainda vai poder contribuir com a sociedade piauiense neste momento de enchentes em algumas cidades do Piauí. Segundo o comandante do 25º Batalhão de Caçadores, Márcio Costa, ainda nesta quarta-feira (25), uma equipe do batalhão será enviada para a cidade de Barras, Norte do estado, para dar apoio a população em meio situação do coronavírus. Os médicos do Exército serão colocados à disposição para contribuir e minimizar os efeitos do vírus. 

Segundo o governador, a prioridade são os municípios de Barras, Batalha e Piripiri, para onde serão encaminhadas equipes que irão colaborar no enfrentamento às situações causadas pelas chuvas e cheias ao lado do Corpo de Bombeiros, Defesa Civil, estadual e municipais na assistência às famílias atingidas pelas chuvas.

Fonte: com informações da CCOM*

Deixe seu comentário