Fani Pacheco mostra 'antes e depois' e reflete: "Aceitação é necessária pra todos os corpos"

Ex-modelo plus size falou sobre amor-próprio

Foto: Reprodução / Internet Fani Pacheco
Fani Pacheco

Fani Pacheco usou seu Instagram nesta terça-feira (14) para compartilhar uma montagem de fotos comparando seu corpo na época plus size e agora, após emagrecer mais de 20 kg. Na legenda, a ex-BBB também fez um “antes e depois”. Primeiro, reproduziu um textão sobre autoestima publicado quando a loira ainda não havia emagrecido, em 25 de março de 2008.

“Amar-se acima de tudo! Se amar em primeiro lugar! Ter amor-próprio sempre! Se aceitar do jeito que é! Amor-próprio acima de tudo. São as frases de efeito do momento. Lindas! Porém, muitas mulheres devem pensar, assim como eu já pensei: Ok! Como? Por onde começo? Qual a etapa número 1? Cadê o passo a passo?”, iniciou.

Em seguida, questionou como poderia desenvolver o amor-próprio. “É só ir toda semana no salão, se maquiar, fazer exercícios, cuidar da saúde do corpo e da mente? NÃO! Isso pode até fazer parte, mas não é essa rotina que lhe fará sentir amor por você mesma e querer cuidar da sua autoestima a longo prazo. NÃO! Não vai ser fazer uma escova nos cabelos que vai mudar ou melhorar o que você sente por dentro. Como também não vai ser o seu corpo sarado, gordo ou magro que vai fazer você se amar”, acrescentou. 

Na época, Fani prosseguiu destacando as dificuldades no processo de autoaceitação. “Conseguir de fato sentir amor-próprio e cuidar de você em primeiro lugar é um exercício de escolher ser feliz todos os dias e fazer psicoterapia pra olhar pra dentro. É um processo longo. Onde nesse caminho você vai sentir dor. Vai se surpreender com seus próprios pontos de vista mudando. Você vai pensar em desistir! Vai dizer que não está funcionando com você. Vai se sabotar! Vai sentir vergonha de falar sobre algumas coisas”.

“Você terá que se confessar com um ‘estranho’. Você terá que superar todos os seus medos pra se autoconhecer. E quando isso acontecer, estar magra ou gorda será apenas uma fase da sua vida. Não ter feito as unhas será um detalhe que só outras pessoas vão notar e os outros serão só os outros. Você será finalmente VOCÊ e ponto. Eu escolhi ser feliz e você???”, concluiu.

Agora, ao reler o desabafo, tirou sua conclusão: “Meu discurso sempre foi o mesmo, de empoderamento, sim. Porém, sempre voltado pra aceitação fundamentada no autoconhecimento através da psicoterapia e, mesmo Plus, sempre deixei claro que isso acontece independente do manequim, ou seja, o caminho é o mesmo pra todos, a aceitação é necessária pra todos os corpos. Magros e fitness em sua maioria também não se aceitam sabiam? A aceitação transcende a estética, o material. A aceitação é emocional. Eu sempre falei de alma. Mesmo vocês só vendo meu corpo fitness ou meu corpo gordo e isso sempre esteve em todos os meus textos” finalizou.

Fonte: Tv Fama

Deixe seu comentário