Flamengo e Bangu entram em campo para à volta do Campeonato Carioca

A partida irá ocorrer às 21h no Maracanã, sem público nas arquibancadas e sem transmissão da TV Globo.

Foto: André Durão Maracanã será palco de retorno do Campeonato Carioca
Maracanã será palco de retorno do Campeonato Carioca

Logo mais às 21h tem time brasileiro em campo, Flamengo vs Bangu. O jogo marca a volta do Campeonato Carioca que  ficou mais de três meses parado devido à pandemia de Covid-19. Mas, esse retorno gerou confusões entre os internautas. De um lado estão as pessoas contra a volta do esporte em meio à pandemia do novo coronavírus, que já matou mais de 40 mil pessoas no Brasil, e do outro lado estão os torcedores apaixonados que já estão na expectativa de ver a bola rolar.

O Carioca foi paralisado em 16 de março por conta da pandemia do novo coronavírus. Após criar um protocolo de segurança, batizado como Jogo Seguro, o Sindicato dos Atletas de Futebol do Estado do Rio de Janeiro (Ferj) teve autorização dos governos municipal e estadual e, em decisão da maioria dos clubes no arbitral, marcou a volta dos jogos. Times como Botafogo e Fluminense são contra entrar em campo antes de julho.

Protocolo de segurança

Foto: Ronald LincolnMedidas de segurança foram tomadas para evitar propagação do novo coronavírus
Medidas de segurança foram tomadas para evitar propagação do novo coronavírus

Ontem (18) a Ferj lançou um segundo protocolo referente às medidas de segurança que os clubes deverão tomar para impedir a infecção e a disseminação do vírus. O documento foi divulgado um dia antes do retorno do Campeonato Carioca. A partida irá ocorrer às 21h no Maracanã, sem público nas arquibancadas e sem transmissão da TV Globo, que se vê preocupada com o retorno do campeonato em meio a crise.

O protocolo da Ferj, prevê que as partidas ocorram em três estádios: Maracanã, Nilton Santos e São Januário. Mas, caso necessário, outros locais vão sediar partidas. Os estádios terão cabines de desinfecção para as delegações e staff. Ao todo, cada clube poderá ter 40 integrantes em sua delegação. Todos os envolvidos terão a temperatura medida.

Vale lembrar, que alguns estados brasileiros, estádios e ginásios foram usados para a montagem de Hospitais de Campanha. Eles servem para dar mais suporte no atendimento de pessoas em casos médios/graves com à Covid-19.

É necessário também a desinfecção e higienização prévia dos ambientes que as delegações vão frequentar. Também deverá ser disponibilizado álcool gel 70% em espaços estratégicos, inclusive no banco de reservas. Estes deverão ser ocupados de forma intercalada. No máximo 10 jogadores e cinco membros da comissão técnica terão permissão ficar no banco.

Além disso, penas os jogadores, em campo, poderão permanecer sem máscara durante a partida. Fora isso, os reservas, a comissão técnica, a arbitragem, policiais, imprensa e todos os outros envolvidos terão de usar máscara, além de apresentar testes de covid-19 feitos recentemente com o resultado negativo para a doença. Neste período, será dispensado o teste de doping.

Fonte: Com informações do Globo Esporte

Deixe seu comentário