FMS define nova estratégia em combate à Covid-19

Cerca de 20 Unidades Básicas de Saúde (UBS), atenderão exclusivamente os casos de síndrome gripal.

Foto: GP1 A nova função visa dar andamento dos serviços na Atenção Básica Municipal.
A nova função visa dar andamento dos serviços na Atenção Básica Municipal.

A Fundação Municipal de Saúde definiu uma nova estratégia de atendimento em combate ao novo Coronavírus (Covid-19), cerca de 20 Unidades Básicas de Saúde (UBS), atenderão exclusivamente os casos de síndrome gripal, enquanto as outras 71 ficam a cargo das demandas da Estratégia Saúde da Família. A nova função visa dar andamento dos serviços na Atenção Básica Municipal.

Dentre as UBS exclusivas para síndrome gripal, as 10 já atendem em horário estendido (de segunda a sexta das 7h às 21h e aos sábados das 7h às 17h), e mais 10 que funcionam de segunda a sexta das 8h às 17h. A lista inclui unidades nos pontos centrais das quatro zonas da cidade que devem ser procuradas por pacientes com sintomas suspeitos para COVID-19, onde receberão atendimento e encaminhamento caso necessário.

Já as outras 71 UBS responderão às demandas regulares da Atenção Básica como atendimento a gestantes, hipertensos, diabéticos, crianças com problemas que não sejam gripais e todos os serviços que funcionavam antes da pandemia. O diretor de Atenção Básica da FMS, Kledson Batista, frisa que a medida serve também para evitar aglomerações nas unidades de saúde.

Tudo isso será graças ao sistema E-sus, que possibilita aos médicos acessar o prontuário eletrônico de qualquer paciente atendido nas UBS pela internet. Todas as 71 UBS irão passar por uma orientação para que possam atender aos pacientes de qualquer zona da cidade, mesmo que sejam acompanhados originalmente por outra unidade.

Odontológico

Já o atendimento odontológico está concentrado nas UBS dos bairros Saci e Buenos Aires, apenas para casos estritamente necessários, como dor de dente intensa, inchaço bucal, edemas e traumas dentários. Já a vacinação está acontece exclusivamente para a Campanha de Vacinação contra a gripe, sendo que a rotina de atualização de cadernetas será normalizada a partir do dia 16 de abril.

Segundo o presidente da FMS, Manoel Moura Neto, a reorganização está em sintonia com recomendações da Associação Brasileira de Saúde Coletiva (ABRASCO) enviadas ao Ministério da Saúde.

Clique aqui para conferir a lista das UBS com atendimento exclusivo para síndrome gripal.

Fonte: com informações das FMS*

Deixe seu comentário