Governo Federal lança campanha para prevenir suicídio em Teresina

O objetivo é disseminar informações sobre prevenção do suicídio e automutilação, especialmente entre crianças, adolescentes e jovens

Foto: Reprodução/Web Governo Federal irá lançar campanha para prevenir suicídio em Teresina
Governo Federal irá lançar campanha para prevenir suicídio em Teresina

O Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, em parceria com a Fundação Municipal de Saúde (FMS) de Teresina, irá lançar a campanha “Acolha a Vida”, na segunda-feira (30), das 8h às 12h, no Hotel Blue Tree, centro Sul da capital. O objetivo é disseminar informações sobre prevenção do suicídio e automutilação, especialmente entre crianças, adolescentes e jovens, para que a população possa saber como agir diante desses casos.

O evento será aberto ao público e direcionado para profissionais de saúde, professores, líderes comunitários e religiosos, conselheiros tutelares, assistência social e segurança. A solenidade de abertura contará com a presença da Secretária Nacional da Família, Dra. Ângela Gandra, de um especialista e autoridades locais. Em seguida, está previsto curso de capacitação sobre os fatores de risco e de prevenção do suicídio.

As taxas de suicídio no Piauí evidenciam um grave problema de saúde pública e ações de prevenção são fundamentais. “Nesse momento, estamos construindo o plano de prevenção ao suicídio, fortalecendo a rede de saúde mental. Através de capacitações como essa, queremos também divulgar a nossa rede de tratamento gratuito, como o Provida, as Unidade Básicas de Saúde e os CAPS de Teresina”, ressalta o presidente da FMS, Charles Silveira.

De acordo com Luanna Bueno, gerente de saúde mental da FMS, o tema abordado é relevante, já que é importante realizar o manejo adequado e precoce dos casos, cujos primeiros sinais podem aparecer na infância e adolescência. “Todos podem contribuir com a prevenção do suicídio. A sociedade tem que se apropriar dessas informações para também dá apoio nessa causa de valorização da vida”, comenta.

Fonte: PMT

Deixe seu comentário