GP da França: Lewis Hamilton passeia, vence de ponta a ponta e dispara na liderança da tabela

Inglês domina facilmente em Paul Ricard e amplia vantagem sobre companheiro Valtteri Bottas para 36 pontos; Charles Leclerc completa pódio e quase tira dobradinha da Mercedes no fim

Foto: reprodução/internet Lewis Hamilton passeia, vence de ponta a ponta e dispara na liderança da tabela
Lewis Hamilton passeia, vence de ponta a ponta e dispara na liderança da tabela

Um tranquilo passeio sob o sol de domingo. Assim pode ser definida a corrida de Lewis Hamilton, que venceu com muita facilidade o GP da França, em Paul Ricard. Após largar na pole position, o inglês liderou todas as voltas da prova e cruzou a linha de chegada com 18 segundos de vantagem sobre o segundo colocado, o companheiro de equipe Valtteri Bottas.

Com a sexta vitória em oito corridas na temporada 2019, Hamilton ampliou para 36 pontos a diferença sobre Bottas na classificação do campeonato, e , com a 79ª vitória na Fórmula 1, ficou a apenas 12 de igualar o recorde de Michael Schumacher.

Charles Leclerc completou o pódio e no finalzinho ameaçou a dobradinha da Mercedes ao encostar em Bottas, mas não conseguiu a ultrapassagem. Max Verstappen também manteve a sua posição de largada e ficou em quarto, à frente de Sebastian Vettel, que, após largar em sétimo, fechou a prova em quinto - o alemão fez um pit stop no fim e, com pneus macios, cravou a melhor volta, apenas 0s024 do que Hamilton conseguiu na última passagem.

A McLaren colocou seus dois carros na zona de pontuação, com Carlos Sainz em sexto e Lando Norris, que teve problemas hidráulicos nas voltas finais, em nono. Também somaram pontos Kimi Raikkonen (Alfa Romeo), em sétimo, Nico Hulkenberg (Renault), em oitavo, e Pierre Gasly (RBR) em décimo. Sétimo na pista, Daniel Ricciardo levou duas punições de cinco segundos por sair da pista e voltar de forma perigosa, além forçar outro piloto para fora, e, com isso, caiu para 11º.

O pódio

Hamilton, o vencedor: "Tenho corrido por muito tempo mas nunca me sinto velho. Eu não poderia fazer o que faço sem esse time incrível. Estamos fazendo história juntos. Estou realmente empolgado"

Bottas, o segundo colocado: "A largada foi a minha maior aposta mas Lewis fez uma boa largada também. Lewis foi mais rápido hoje. Ele foi realmente forte e consistente - ele não é imbatível. Tenho apenas de trabalhar mais."

Leclerc, terceiro na corrida: "Dei tudo o que podia. Eu me senti bem no carro, mas as Mercedes estavam muito rápidas no começo. Fizemos um grande trabalho no gerenciamento dos pneus e pude alcançar Valtteri na briga pelo segundo lugar, mas faltaram voltas.

Fonte: Globo esporte

Deixe seu comentário