Grêmio inicia "maratona" contra o Palmeiras e tem "ensaio" por lições para Libertadores

Time paulista terá no duelo do Brasileirão parte de titulares do confronto da terça, pelas quartas de final

Foto: Reprodução \ Web Renato pode tirar "dicas" do jogo do Brasileiro para a Libertadores
Renato pode tirar "dicas" do jogo do Brasileiro para a Libertadores

O torcedor pode acabar por se confundindo, então é bom esclarecer. Grêmio e Palmeiras se enfrentarão três vezes em pouco mais de uma semana. O primeiro e menos decisivo ocorre na noite deste sábado, na Arena. O time reserva tricolor serve, no entanto, para fazer um ensaio e mostrar caminhos para os titulares na terça, nas quartas de final da Libertadores.

Dos próximos quatro jogos do Grêmio, três serão contra o Verdão. Neste sábado, as equipes jogam pela 15ª rodada do Campeonato Brasileiro. Nas próximas duas semanas, ocorrem os confrontos eliminatórios na competição continental - entre eles, o jogo com o Athletico, dia 24, pelo Nacional. O Palmeiras tem Felipe Melo, Diogo Barbosa e Zé Rafael suspensos e deixou Gustavo Scarpa e Luiz Adriano em São Paulo. Mas deve utilizar uma equipe próxima da titular no Brasileiro.

- Tem sim (como separar), porque muda a chavinha. O Palmeiras vem em busca da liderança. Talvez até com o time que nos enfrenta na terça. Estamos preparados. Para quem joga é ainda mais importante, recebendo oportunidade. Queremos deixar uma boa impressão e chegar com tudo na terça - apontou o atacante Diego Tardelli.

Os jogos com o Palmeiras

17/08 - Grêmio x Palmeiras - Brasileirão

20/08 - Grêmio x Palmeiras - Libertadores

27 - Palmeiras x Grêmio - Libertadores

O que explorar

Assim, pode servir de observação já para o próprio Grêmio, que resguardará seus principais jogadores para o jogo de mata-mata. Uma espécie de ensaio para retirar informações relevantes para o duelo de terça-feira, quando qualquer erro de ambas partes será mortal.

Alguns nomes, claro, mudarão no Palmeiras. Mas a partida mostra caminhos a tomar no enfrentamento da Libertadores. Apesar da concentração diferente nas duas competições, o Tricolor poderá encarar grande parte dos atletas que estarão em campo na terça.

- É outro competição, mas a dificuldade é grande. Vamos encarar uma equipe muito forte, com plantel muito forte também - apontou Léo Moura.

Ensaio de estratégia

Mesmo que Renato mude todos os jogadores, o conceito de como encarar o adversário pode ser levado para o gramado. O Grêmio mantém seu estilo de posse de bola e pressão aos adversários que jogam aqui na Arena. E, aí, o Tricolor tem um ensaio de luxo para o confronto. Vale três pontos, mas também vale para o treinador entender se pode ou não apostar em um estilo de jogo na Libertadores.

Renato relacionou pelo menos um jogador que estará em campo na terça: o atacante Everton, que está em todas as partidas desde o retorno da Copa América. O Cebolinha acaba sendo uma espécie de carta na manga do treinador quando os jogos complicam.

Ânimo para terça

Antes de um mata-mata de Libertadores, nada melhor do que vencer. O 2 a 0 sobre o Athletico, na semifinal da Copa do Brasil, deixou a torcida empolgada com a proximidade de mais uma decisão. Uma derrota poderia arrefecer em parte este ambiente. São previstos 14 mil torcedores para este sábado - foram vendidos 2,7 mil ingressos antecipados. Já para terça, a projeção é de 42 mil pessoas no estádio e 12,4 mil entradas foram comercializadas.

No Brasileirão, o Grêmio completou quatro jogos sem vencer na derrota para o Flamengo, na rodada anterior. O clube gaúcho caiu para a 14ª colocação e tem 17 pontos, apenas seis acima da zona de rebaixamento. Pouco para uma equipe projetada como postulante ao título - está 15 atrás do líder Santos, por exemplo.

Fonte: Globo Esporte

Deixe seu comentário