Gustavo Noronha não é mais vice-presidente de futebol do Botafogo

Dirigente foi exonerado após reunião na manhã desta terça-feira (05); É a segunda baixa do grupo "Mais Botafogo".

Foto: Reprodução/ Esporte Interativo Gustavo Noronha estava no cargo desde 2018.
Gustavo Noronha estava no cargo desde 2018.

O Botafogo sofreu mais uma mudança importante. Depois de Ricardo Wagner renunciar à presidência do Conselho Fiscal, na última segunda-feira (04), agora foi a vez de Gustavo Noronha deixar o clube. O vice-presidente de futebol foi exanerado e não vai mais exercer o cargo. É a segunda baixa do grupo "Mais Botafogo" em menos de 24 horas. 

A tendência era que Gustavo Noronha seguisse no clube até o final do ano e entregasse o cargo durante a transição para a S/A. No último domingo (3), porém, o dirigente teria enviado mensagens a membros do grupo político relatando falta de apoio e colocando o cargo à disposição. 

Gustavo Noronha foi alvo de críticas de pessoas de dentro do clube, como até mesmo jogadores, e de torcedores. O vice de futebol era cobrado por sumir em momentos importantes e ser pouco participativo nas tomadas de decisões. 

Agora fora da diretoria, Noronha atuou por cinco anos no departamento de futebol. Entre 2015 e 2017, ele foi diretor jurídico. Em 2018 assumiu a vice-presidência de futebol do Botafogo. 

Veja a nota oficial do Botafogo na íntegra: 

"No contexto da iminente reformulação do Clube para a gestão do Futebol por uma instituição de investimento privado, o Botafogo de Futebol e Regatas comunica a exoneração de Gustavo Noronha, nesta terça-feira (5/11), do cargo de Vice-Presidente de Futebol.

O Botafogo agradece a colaboração de Gustavo Noronha nos últimos cinco anos no Departamento de Futebol, como Diretor Jurídico (2015-17) e VP de Futebol (2018-19). 

Em breve o Clube anunciará a nova estrutura do Departamento de Futebol".

Fonte: Esporte Interativo

Deixe seu comentário