Jesus vê empate do Flamengo justo e critica protesto da torcida: "No campo xinguem, fora acabou"

Técnico sai em defesa do criticado Diego, aprova participação do VAR, elogia partida com o Corinthians e valoriza risco calculado no final: "Nos últimos 15 minutos arrisquei tudo"

Foto: Reprodução/Web Jorge Jesus aprovou VAR e elogiou partida na Arena Corinthians
Jorge Jesus aprovou VAR e elogiou partida na Arena Corinthians

O Flamengo arrancou um empate com o Corinthians por 1 a 1 na tarde deste domingo, na Arena Corinthians, pela 11ª rodada do Campeonato Brasileiro. Resultado considerado justo por Jorge Jesus na coletiva de imprensa após a partida. Porém, o assunto mais comentado na entrevista foi o protesto da torcida no aeroporto no sábado. O que foi duramente criticado pelo técnico português. 

– Achei tudo estranho o que aconteceu, não havia justificativa. Fomos eliminados nos pênaltis. A torcida sofreu sentimentalmente... Mas passou. O Diego mostrou o quanto é bom jogador, o grande capitão que é. No jogo (contra o Athletico-PR), tinha sido o melhor. Eu não fui dar satisfação aos torcedores, só pedi que respeitassem 

– Para gostar do clube, tem que gostar dos jogadores. Não há time sem jogador. Não sei se é muito comum no Brasil... No campo xinguem, fora do palco acabou.

– Eu já estava dentro do aeroporto. Desci do ônibus e nem percebi. Vi gritando "Flamengo", mas achei que iam apoiar. Me disseram que os jogadores não queriam descer, aí que fui lá falar. Disse aos torcedores que isso não é ser apaixonado pelo clube. Qualquer grande jogador pode falhar nos pênaltis. Pelé, Maradona...

Com o empate, o Flamengo segue em terceiro lugar no Campeonato Brasileiro com 21 pontos, mas diminuiu a distância para o líder Palmeiras em cinco pontos. O Rubro-Negro volta a campo pela competição no próximo domingo, quando terá pela frente o clássico com o Botafogo às 16h, no Maracanã. Antes, porém, vai ao Equador enfrentar o Emelec quarta-feira, às 21h30, no jogo de ida das oitavas de final da Libertadores. 

Fonte: Globo Esporte

Deixe seu comentário