Jovem morre após ser baleado por policiais durante operação em São Luís

A principal suspeita é que Marcos Matheus, de 20 anos, teria sido confundido com criminosos que estavam sendo perseguidos pela polícia. Caso será investigado.

Foto: SJ Notícias MA De acordo com o delegado Lúcio Rogério Reis, da Superintendência Estadual de Homicídio e Proteção a Pessoa (SHPP), o jovem estava reunido com amigos na porta da sua residência.
De acordo com o delegado Lúcio Rogério Reis, da Superintendência Estadual de Homicídio e Proteção a Pessoa (SHPP), o jovem estava reunido com amigos na porta da sua residência.

O jovem Marcos Matheus Andrade de Melo, de 20 anos, morreu após ser baleado durante uma operação policial realizada no bairro Jardim São Cristóvão, em São Luís, na noite dessa segunda-feira (27). A principal suspeita é de que ele teria sido confundido com criminosos que estavam sendo perseguidos pela polícia.

De acordo com o delegado Lúcio Rogério Reis, da Superintendência Estadual de Homicídio e Proteção a Pessoa (SHPP), o jovem estava reunido com amigos na porta da sua residência, quando foi surpreendido por policiais militares que faziam uma perseguição pelas ruas do bairro. Ao ouvir os disparos, a vítima chegou a correr para dentro de casa, mas foi atingido.

Marcos Matheus chegou a ser colocado em um muro e revistado por policiais que, em seguida, atiraram novamente no rapaz. Amigos da vítima chegaram a dizer aos PMs que ele não fosse atingido e que a vítima não era criminoso. Ele chegou a ser levada para o Hospital Municipal Dr. Clementino Moura (Socorrão II), mas não resistiu aos ferimentos e morreu.

“O rapaz estava em via pública, no meio de uma perseguição policial realizada na região do São Cristóvão, quando foi atingido por tiros e infelizmente faleceu. Maiores detalhes devem ser tomados a partir da investigação para tentar descobrir de onde partiu os disparos que mataram a vítima, identificar quem eram as pessoas que estavam sendo perseguidas, se foram presos ou apresentados em algum plantão ou se armas foram apreendidas”, disse o delegado.

Segundo a polícia, um inquérito policial foi instaurado e será realizada a comparação balística junto com a bala que atingiu o jovem, para tentar apurar de onde saiu o disparo. Também serão investigados as circunstâncias da perseguição policial e se algum suspeito foi preso nas últimas horas.

Fonte: Com informações do G1MA

Deixe seu comentário