Líder do movimento “OAB que Chega Junto” rompe com atual gestão da Ordem

Raimundo Júnior se pronunciou nas redes sociais e destacou não compactuar com uma gestão autoritária
Por Redação Verdes Campos Sat 20 de Julho de 2021 às 16:45

Foto: Divulgação Líder do movimento “OAB que Chega Junto” rompe com atual gestão da Ordem
Líder do movimento “OAB que Chega Junto” rompe com atual gestão da Ordem


O advogado Raimundo Júnior, líder do movimento “OAB que Chega Junto”, se colocou 100% oposição à atual gestão “Independência OAB” da Ordem dos Advogados, Seccional Piauí (OAB-PI). O advogado é Conselheiro Federal Suplente da gestão e anunciou o seu posicionamento nas redes sociais após reconhecer que a gestão — responsável por gerenciar as demandas da classe até o final deste ano — age com autoritarismo e dissociados da realidade da advocacia.

De maneira bastante enfática, a advogado ressaltou que é inadmissível ter uma Ordem que não seja plural e acolhedora. “Não podemos mais ter uma Ordem que não saiba conviver com as diferenças políticas, que divide e afasta. Por isso, estou aqui para deixar bem claro: sou 100% oposição”, frisou.

No seu pronunciamento ainda destacou que está totalmente dedicado a construir uma Ordem que cuide dos interesses da classe. “A OAB que Chega Junto veio para criar uma alternativa, novas ideias, práticas e objetivos. Uma OAB que Chega Junto do futuro”, externa Raimundo.

De acordo com o advogado, é preciso se manter atento ao crescimento do setor. Ele frisa que a gestão atual não representa a advocacia. “Hoje entendo perfeitamente o significado da palavra decepção. Decepção com a percepção de que não escolhemos ou seguimos o melhor caminho. Decepção com a percepção de que a atual gestão não representa a advocacia. Peço desculpas e reconheço que não posso voltar atrás e modificar o passado, mas podemos provocar um futuro melhor, mais participativo e acolhedor”, finaliza.

Deixe seu comentário