Mais um candidato democrata desiste de concorrer à presidência dos EUA

Jay Inslee, governador de Washington, comunicou a desistência da nomeação na quarta-feira (21). O Partido Democrata tem, agora, 22 concorrentes à nomeação.

Foto: Reprodução \ Web O governador de Washington, Jay Inslee.
O governador de Washington, Jay Inslee.

A lista de candidatos democratas à presidência dos Estados Unidos voltou a diminuir: o governador de Washington, Jay Inslee, comunicou na quarta-feira (21) a decisão de não concorrer mais à nomeação do partido.

"Ficou claro que eu não vou carregar a bola, não vou ser o presidente, então vou me retirar esta noite da corrida", disse Inslee em entrevista à MSNBC.

A principal pauta do agora ex-candidato eram as mudanças climáticas. Em junho, ele lançou um plano abrangente para combatê-las, incluindo propostas para reassentar centenas de milhares de refugiados do clima e elevar as barreiras às importações de combustíveis fósseis.

Os esforços dele foram elogiados pelos senadores Bernie Sanders e Elizabeth Warren, que também disputam a nomeação democrata e estão entre os principais concorrentes.

"Obrigada a JayInslee por lutar todos os dias para garantir que a mudança climática continue sendo um foco principal da eleição", escreveu a senadora Elizabeth Warren no Twitter.

"Não há assunto mais importante para a humanidade", declarou Bernie Sanders.

Em um e-mail a apoiadores, Inslee disse que as pesquisas mostravam que ele não era popular o suficiente para ser convidado para o debate do Partido Democrata em setembro, e que sua candidatura não poderia sobreviver sendo deixada de fora de eventos desse tipo.

Inslee prometeu continuar lutando pela ação política sobre as mudanças climáticas, prometendo responsabilizar o próximo presidente pela adoção de um plano.

Desistências

O governador de Washington não é o primeiro a desistir da nomeação democrata. Na semana passada, John Hickenlooper também anunciou sua saída, e, no começo de julho, Eric Swalwell. Segundo o jornal "The New York Times", agora são 22 democratas disputado a nomeação partidária.

Quem for nomeado irá concorrer à presidência americana nas eleições do ano que vem, em novembro, contra o atual presidente, Donald Trump.

Além de Warren e Sanders, entre os principais candidatos estão Joe Biden, ex-vice-presidente de Barack Obama; Kamala Harris, senadora pela Califórnia; e Pete Buttigieg, prefeito de South Bend, Indiana.

Fonte: G1

Deixe seu comentário