Manifestantes protestam contra obras de usina no interior do Estado

Com cartazes e faixas, homens e mulheres interditaram a entrada dos funcionários da empresa.

Foto: Reprodução / Web Manifestantes protestam contra obras de usina solar.
Manifestantes protestam contra obras de usina solar.

Moradores do município de São Gonçalo do Gurguéia do Piauí realizaram um protesto na manhã desta quinta-feira (05), para chamar a atenção de autoridades, com relação aos danos ambientais que o município sofre por causa do empreendimento da multinacional Enel. A manifestação ocorreu na entrada do canteiro de obras da Usina Solar São Gonçalo. 
 
Com cartazes e faixas, homens e mulheres interditaram a entrada dos funcionários da empresa. Os danos causados ao meio ambiente ocorrem desde março do ano passado. Várias denúncias já foram feitas pelo prefeito e secretário municipal de Meio Ambiente ao Ministério Público e à SEMAR em abril de 2019. Porém, nenhuma autoridade do órgão esteve no local para fazer a vistoria. 
 
No sábado do dia 29 de fevereiro, a barragem do local rompeu devido o grande volume de água e sedimentos, o que causou a destruição de brejos, nascentes, propriedades rurais, estradas e pontes da zona rural. Em 2019, no dia 04 de fevereiro o local já havia sofrido um rompimento de barragem.
 
A Enel informou que dará todo apoio necessário à comunidade, e que está providenciando a manutenção das áreas danificadas, além disso, irá fazer novos estudos para direcionar o futuro do andamento da obra.
 
O assunto chegou à tribuna da Assembleia Legislativa, com isso, uma audiência pública foi marcada para debater o problema no município.
 
O protesto aconteceu de forma pacífica. Os primeiros manifestantes da área atingidas chegaram às 4hrs da manhã e permanecem nos portões do canteiro de obras, com faixas de protesto e cantando o hino do município. Não há previsão para o término da manifestação.

Fonte: Com informações do Portal Corrente

Deixe seu comentário