MEC solicita imunização de profissionais que atuam diretamente na elaboração do Enem

A ideia é que o Exame seja elaborado e realizado com qualidade e segurança
Por Redação Verdes Campos Sat 3 de Maio de 2021 às 22:30

Foto: Reprodução/ Ascom MEC solicita imunização de profissionais que atuam diretamente na elaboração do Enem
MEC solicita imunização de profissionais que atuam diretamente na elaboração do Enem

O Ministro de Estado da Educação, Milton Ribeiro, encaminhou, na última quinta-feira (29), um ofício ao Ministério da Saúde solicitando a imunização de profissionais do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) que atuam diretamente na elaboração do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). O ofício atende ao pedido do Inep, enviado ao Ministério da Educação (MEC) no último dia 21.

A Diretoria de Avaliação da Educação Básica (Daeb) do Inep é responsável pela elaboração do Enem, que é realizado em todos os estados do país e no Distrito Federal. O planejamento do Exame, que deve acontecer no final deste ano, já está em andamento.

Tendo em vista a relevância nacional do Enem para as políticas públicas educacionais e considerando a necessidade de garantir a total segurança da prova, implicando, assim, o trabalho presencial dos colaboradores envolvidos, que trabalham durante longas horas em ambientes seguros – preparados para que nenhuma reentrância ou janela permita que haja qualquer contato com o ambiente externo ou extração de informações por meios eletrônicos – é que o Inep solicitou apoio ao MEC para garantir a imunização da equipe. O pedido de vacinação se estende a 16 servidores e técnicos de apoio administrativo do Inep, bem como a 23 colaboradores externos envolvidos diretamente no tema.

O MEC, portanto, encaminhou o pedido ao Ministério da Saúde, solicitando a vacinação dos 39 colaboradores, para que o Enem 2021 seja elaborado e realizado com a qualidade e a segurança desejável. O Ministério reforçou ainda que para realizar todas as etapas necessárias ao processo de montagem das provas, sem prejuízo do cronograma estabelecido, será importante que a vacinação tenha início na primeira semana de maio deste ano.

Fonte: Ministério da Educação

Deixe seu comentário