Médica Amariles Borba é a 6º pessoa a ser imunizada no Piauí

A cerimônia foi realizada na sede da Secretaria de Estado da Saúde do Piauí (Sesapi) em Teresina.
Por Luis Fernando Amaranes 19 de Janeiro de 2021 às 08:54

Foto: Luis Fernando Amaranes/ Portal Verdes Campos Sat Médica Amariles Borba, diretora de Vigilância em Saúde da Fundação Municipal de Saúde.
Médica Amariles Borba, diretora de Vigilância em Saúde da Fundação Municipal de Saúde.

A médica e diretora de Vigilância em Saúde da Fundação Municipal de Saúde (FMS) de Teresina, Amariles Borba, foi a sexta profissional de saúde a ser imunizada no Piauí, na tarde dessa segunda-feira (18).

A médica Amariles Borba é uma das maiores defensoras da vacina, e vem coordenando, ao longo do tempo, as campanhas de vacinação em Teresina. Ela tem mais de 20 anos de serviços prestados à fundação.

Foto: Luis Fernando Amaranes/ Portal Verdes Campos SatA médica tem mais de 20 anos de serviços prestados à Fundação Municipal de Saúde.
A médica tem mais de 20 anos de serviços prestados à Fundação Municipal de Saúde.

Em entrevista à imprensa, a profissional ressaltou a importância do imunizante e comemorou a chegada da vacina no Piauí.

“O sentimento é de que preciso continuar trabalhando, mostrando para nossa população, que vacinar é preciso. Sou formada há 50 anos, vi muita criança recém-nascida morrer de tétano neonatal, e hoje não se vê mais, graças à vacina, se você não vê pessoas com paralisia infantil é graças à vacina, portanto, a vacina protege, se não temos mais varíola hoje no planeta terra se deve à vacina. A gente vê como a ciência evoluiu, antes, se levava 5, 10, 20 anos, para se ter uma vacina e agora em 10 meses nós temos uma vacina. A ciência é uma escada, a vacina saiu mais rápido porque tem uma química húngara que há 30 anos estuda o RNA mensageiro, quando teve epidemia de zica uns anos atrás, os cientistas se debruçaram para fabricar uma vacina e essa construção não chegou na zica, mas chegou no coronavírus, isso mostra que o conhecimento da ciência não é estagnado, ele anda”, ressaltou.

“A felicidade é enorme. Eu fui pega de surpresa, não sabia que seria vacinada. A vacina é a única arma poderosa que nós temos para vencer a pandemia e a única que mostra resultados. Vamos seguir o calendário de imunização para poder termos novamente pessoas saudáveis e o nosso município vitorioso”, concluiu a médica.

Deixe seu comentário