Ministro da segurança indonésio é esfaqueado

Polícia afirma que agressor seria vinculado ao Estado Islâmico. Wiranto, de 72 anos, está consciente e em condição estável.

Foto: Foto: reprodução/web Ministro da Segurança da Indonésia, Wiranto, fala em coletiva de imprensa em 24 de setembro
Ministro da Segurança da Indonésia, Wiranto, fala em coletiva de imprensa em 24 de setembro

O ministro da Segurança da Indonésia , Wiranto, foi esfaqueado nesta quinta-feira (10) em uma rua da província de Banten por um homem supostamente vinculado ao grupo extremista Estado Islâmico.

O porta-voz da polícia, Dedi Prasetyo, afirmou que, além do ministro de 72 anos, o chefe da polícia local também ficou ferido no ataque.

O agressor e uma mulher que o acompanhava foram detidos logo em seguida por assessores de Wiranto. A polícia investiga se eles fazem parte da Jemaah Ansharuf Daulah, uma rede militante muçulmana em Banten que é alinhada com o grupo do Estado Islâmico.

Com dois ferimentos profundos no abdome, ele recebeu os primeiros atendimentos no hospital de Berkah, onde chegou consciente e em condição estável. Em seguida, ele foi transferido de avião para o hospital militar Gatot Subroto, em Jacarta, a capital do país.

O presidente indonésio, Joko Widodo, visitou o seu ministro no hospital.

Como milhões de indonésios, Wiranto, tem apenas um nome.

Fonte: G1

Deixe seu comentário