MP proíbe torcida organizada do River de participar de eventos esportivos

Caso haja o descumprimento da ordem, deverá ser paga uma multa no valor de R$ 50 mil reais.

Foto: Reprodução / Internet A torcida organizada do Esporão do Galo do River está proibida de participar eventos esportivos de futebol.
A torcida organizada do Esporão do Galo do River está proibida de participar eventos esportivos de futebol.

Após o conflito envolvendo torcedores do River, a torcida organizada Esporão do Galo, entre os torcedores do América de Natal, durante o jogo do domingo (09), no estádio Albertão em Teresina, o Ministério Público (MP) conseguiu nesta terça-feira (11) a decisão judicial que suspende as atividades da torcida organizada Esporão do Galo. Com a decisão, a torcida fica proibida durante 120 dias, de participar de qualquer evento esportivo de futebol, a qualquer momento, em caráter imediato. 

O pedido para suspender as atividades da torcida organizada foi feito pela 32ª Promotoria de Justiça de Teresina, em ação civil pública movida contra a Esporão do Galo e o presidente da organização, Fábio da Silva Santos. Caso haja o descumprimento da ordem, deverá ser paga uma multa no valor de R$ 50 mil reais.

A medida liminar foi concedida pelo juiz Teófilo Rodrigues Ferreira, da 3ª Vara Cível de Teresina.  De acordo com o MP, a torcida poderá ainda sofrer outras penalidades criminais.

Fonte: com informações do MPPI*

Deixe seu comentário