Na Argentina, Inter agenda reunião com Coudet para apresentar projeto ao treinador

Direção tenta convencer o técnico a trocar o Racing e assumir o clube

Foto: Reprodução \ Web Eduardo Coudet é o alvo colorado
Eduardo Coudet é o alvo colorado

A busca do Inter por um técnico em solo argentino terá um capítulo importante nesta terça-feira. Já com a presença do executivo Rodrigo Caetano, o Inter tem uma reunião agendada com Eduardo Coudet. A ideia é apresentar o projeto para o treinador do Racing e tentar convencê-lo a trocar Avellaneda pelo Beira-Rio.

A direção do Inter espera avançar na negociação com o treinador, o favorito para assumir o lugar de Odair Hellmann. A direção tenta acertar com o futuro treinador ainda nesta semana, mas evita colocar um prazo para o anúncio, até para não criar falsas expectativas.

O Racing, por sua vez, aposta que Coudet não deixará o comando. O treinador goza de prestígio no clube, tem contrato até meados do ano que vem (com dispositivo para renovar por mais meio ano) e não costuma romper seus vínculos.

Coudet, no entanto, não é o único alvo colorado. Há outros nomes no radar, como Ariel Holan, que foi campeão pelo Independiente, mas atualmente está sem clube, Jorge Almirón, ex-técnico do Lanús e que trabalha no Al Shabab, da Arábia Saudita, e Sebastian Beccacece, atual treinador do Independiente.

Conforme apurado pelo GloboEsporte.com, o Inter sondou a situação de Beccacece, mas as conversas não evoluíram. O treinador tem contrato com o clube argentino até a metade do ano que vem e só deixará o cargo caso seja demitido. A diretoria do Rojo também garante sua permanência até junho de 2020 também.

Antes de se voltar para o mercado argentino, o Inter avaliou as situações de Roger Machado e Tiago Nunes. Como ambos estão empregados (Bahia e Athletico, respectivamente), não houve evolução nas tratativas. Roger tem contrato até o final do ano que vem, enquanto o de Tiago expira na atual temporada.

A direção do Inter busca um nome para assumir o cargo com um projeto de longo prazo, de olho em 2020 – preferencialmente com vaga na Libertadores. Mas caso não tenha sucesso nas tratativas, não descarta um técnico "tampão", com contrato até o final do Campeonato Brasileiro.

O interino Ricardo Colbachini, treinador do time B, comandou o time no empate sem gols contra o Santos, no último domingo, e seguirá no cargo na partida de quinta-feira contra o Avaí, na Ressacada, em Florianópolis, pela Campeonato Brasileiro.

Fonte: Globo Esporte

Deixe seu comentário