PF diz que não vai ao sindicato prender Lula hoje

Prazo para o ex-presidente se apresentar à PF acabou às 17h. Senador diz que petista pretende participar de missa para Marisa neste sábado

Foto: Reprodução/Internet Prazo para o ex-presidente se apresentar à PF acabou às 17h. Senador diz que petista pretende participar de missa para Marisa neste sábado
Prazo para o ex-presidente se apresentar à PF acabou às 17h. Senador diz que petista pretende participar de missa para Marisa neste sábado

O juiz federal Sergio Moro determinou a prisão do ex-presidente Lula na quinta-feira. O magistrado deu a possibilidade de o petista se apresentar à Polícia Federal de Curitiba até as 17h desta sexta-feira. O prazo acabou.

De acordo com a presidente nacional do PT, Gleisi Hoffmann, ele não descumpriu o mandato. “Ele tinha a opção dada pelo juiz de ir a Curitiba. Não exerceu essa opção. Está aqui no sindicato num lugar público”, disse. Ela também descartou a possibilidade de Lula se apresentar a PF voluntariamente.

Siga os desdobramentos da decisão de Moro e a repercussão da prisão de Lula:

20:02 - PF diz que não vai ao sindicato prender Lula hoje

A Polícia Federal decidiu que não há mais condições para cumprir o mandado de prisão contra o ex-presidente Lula na noite desta sexta-feira (6). A PF considera que a operação, se deflagrada, colocaria em risco tanto partidários do ex-presidente quanto os próprios policiais. A negociação será retomada neste sábado após a missa em memória da ex-primeira-dama Marisa Letícia.

A PF decidiu que, caso o ex-presidente se entregue amanhã, será transportado para Curitiba por avião da polícia. A negociação, nos lados da polícia, é conduzida pelos superintendentes da PF em São Paulo e Curitiba, que mantêm informado o diretor-geral da corporação, Rogério Galloro. (Rubens Valente e Marina Dias)

A defesa do ex-presidente já pediu aos negociadores da PF que a prisão seja cumprida somente na segunda-feira (9). O pedido seria suficiente para o STF dar uma resposta à reclamação apresentada pelos advogados de Lula às 17h40 desta sexta.

19:50 - Lula deve se entregar neste sábado depois da missa de Marisa Letícia

Segundo aliados, o ex-presidente quer participar de uma missa em homenagem ao aniversário de sua mulher, Marisa Letícia, que morreu no ano passado. A cerimônia deve acontecer no sábado (7), em frente ao Sindicato dos Metalúrgicos do ABC, em São Bernardo.

O senador Lindbergh Farias subiu no carro de som para, a pedido de Lula, convidar a militância a participar da missa.

A ato será em frente ao sindicato, em homenagem aos 67 anos que sua mulher, morta em 2017, completaria no dia.

Os advogados José Eduardo Cardozo e Sigmaringa Seixas capitaneiam a negociação para que a prisão ocorra após a missa. (Marina Dias)

19:44 - Grupo pró-Lula ocupa praça em frente à Câmara, no Rio

Depois de passeata, centenas de pessoas protestam nesta noite na Cinelândia, no centro do Rio, em ato pró-Lula. Os manifestantes já ocupam a praça em frente à Câmara Municipal. O Theatro Municipal também já tem as escadarias e o entorno ocupados.

Cantos de "Olê, olê, olá, Lula" e "Lula, guerreiro do povo brasileiro" são entoados pelos manifestantes, que lembraram também a vereadora Marielle Franco, assassinada no dia 14 de março, com gritos de "Marielle, presente". (Luís Costa)

19:40 -Lula pede para convidar militantes para missa de Marisa Letícia

O senador Lindbergh Farias subiu no carro de som para, a pedido de Lula, convidar a militância a participar de uma missa neste sábado (7) em homenagem à ex-primeira-dama Marisa Letícia.

A missa será em frente ao sindicato, em homenagem aos 67 anos que sua mulher, morta em 2017, completaria no dia. (Anna Virginia Balloussier)

19:38 – Manifestantes pró-Lula fazem passeada no centro de Recife

19:37  -  Defesa de Lula pede ao STF liminar contra prisão

A defesa do ex-presidente Lula entrou com uma reclamação no STF (Supremo Tribunal Federal), no início da noite desta sexta-feira (6), em que pede uma liminar para suspender sua prisão. Os advogados argumentaram que a ordem de prisão não esperou o esgotamento dos recursos no TRF-4 (Tribunal Regional Federal).

Os advogados pedem a suspensão da execução provisória da pena imposta a Lula até o julgamento de mérito de duas ADCs (ações declaratórias de constitucionalidade) que discutem no STF a constitucionalidade da prisão após condenação em segunda instância.

As duas ADCs estão sob relatoria do ministro Marco Aurélio. Por essa razão, os advogados de Lula direcionaram o pedido a ele. No entanto, a reclamação foi distribuída eletronicamente pelo Supremo e o ministro sorteado para ser o relator foi Edson Fachin, informou a assessoria do tribunal.

Caso o primeiro pedido não seja acolhido, os advogados pedem uma liminar para suspender a prisão até que o TRF-4 examine a admissibilidade dos recursos extraordinários, que são direcionados ao STF.

Por último, se os pedidos anteriores forem negados, a defesa de Lula quer que ele aguarde em liberdade o julgamento dos embargos de declaração que serão apresentados ao próprio TRF-4 até a próxima terça-feira (10). (Reynaldo Turollo Jr.)

19:35 – Dilma sobre prisão de Lula: ‘Vamos resistir’

19:24 – Financial Times: Triste queda de político notável mostra que ninguém está acima da lei

O jornal britânico Financial Times publicou nesta quinta-feira (6) em editorial um elogio à justiça brasileira frente ao mandado de prisão contra o ex-presidente Luíz Inácio Lula da Silva. Segundo o texto, não só a prisão de Lula como também a de outros políticos e até a investigação envolvendo o atual presidente Michel Temer mostram que no Brasil ninguém está acima da lei.

“A decisão polêmica, que poderia levar o senhor Lula da Silva às grades em questão de dias, marca a triste e ignominiosa queda de um político notável. Mas também mostra que ninguém está acima da lei — um desenvolvimento positivo e até mesmo revolucionário em um país atormentado pelo legalismo extremo e também pela grande ilegalidade”, afirma o texto.

19:15 – Cerca de 100 manifestantes contra Lula ainda permanecem em frente a Superintendência da Polícia Federal em Curitiba

Um carro de som passa de tempos em tempos informações sobre o ex-presidente. Há pouco, os manifestantes puxaram o coro de “invade, invade” em referência ao Sindicato dos Metalúrgicos em São Bernardo do Campo.

19:16 – No centro de Curitiba, militantes pró-Lula se reúnem na frente da Universidade Federal do Paraná

18:54 – Sindicato onde está Lula tem pagode e uísque

Banda de pagode se apresenta no terceiro andar do Sindicato dos Metalúrgicos do ABC, em São Bernardo do Campo, onde Lula está. Algumas pessoas entram com uísque. O clima é de festa.

18:53 – Manifestantes se reúnem em ato-pró Lula na Candelária, no Rio

Vários quarteirões estão ocupados nesta área da cidade do Rio de Janeiro.

18: 43 – Requião: Lula participará de missa em memória de Marisa Letícia, que faria 68 anos amanhã

O senador Roberto Requião (PMDB-PR), que está no Sindicato dos Metalúrgicos de São Bernardo, afirmou que Lula pretende participar neste sábado, 7, de uma missa em memória de sua mulher, Marisa Letícia, que faria 68 anos. Ela morreu em fevereiro do ano passado. A cerimônia será no próprio sindicato.

18:08 – Bolsa cai pressionada por cenário externo e indefinição eleitoral

A ordem de prisão contra o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva não animou o mercado financeiro. O índice Ibovespa, da Bolsa de Valores de São Paulo, fechou nesta sexta-feira em baixa de 0,46%, aos 84.820,42 pontos. No mercado de câmbio, o dólar comercial subiu 0,78% e fechou cotado a 3,367 reais para compra e 3,368 reais para venda.

18:03 – Lula não vai discursar, diz petista

O deputado Zé Geraldo (PT-PA) confirmou à reportagem que Lula não discursará. O objetivo é evitar tumulto, o que abriria margem para intervenção da polícia. Lula, no entanto, é imprevisível e pode decidir discursar a qualquer momento.

17:59 –Esquema de segurança tem atirador de elite em Curitiba

O esquema de segurança na sede da Superintendência da Polícia Federal do Paraná, em Curitiba, envolve até um atirador de elite, posicionado no telhado do prédio, ao lado do heliporto. A movimentação de policiais é intensa no local.

17:54 – Lula não irá se entregar à Polícia Federal, dizem petistas

O ex-presidente Lula não vai se entregar à Polícia Federal e passará a noite no Sindicato dos Metalúrgicos do ABC, em São Bernardo do Campo, onde está desde quinta-feira, quando foi expedido um mandado de prisão contra ele pelo juiz Sergio Moro.

Deixe seu comentário