Piauí apresenta suspeita do novo Coronavírus

No Piauí uma pessoa da cidade de Floriano apresentou sintomas da doença e passou por exames.

Foto: Reprodução \ Web Piauí apresenta primeiro caso suspeito Covid-19.
Piauí apresenta primeiro caso suspeito Covid-19.

O novo Coronavírus chegou ao Brasil na quarta-feira (26), a notícia se espalhou rapidamente nas redes sociais após a confirmação feita pelo Ministério da Saúde. Com isso as Secretarias Estaduais de Saúde em todo o país a reforçarem seus protocolos de prevenção, contenção e atendimentos a pacientes com risco de contaminação.

A pessoa que contraiu a doença é  um idoso de 61 anos de idade, ele mora em São Paulo. Entre os dias 09 e 21 de fevereiro, ele havia viajado para o norte da Itália. O paciente apresentou sinais brandos da doença, como tosse, e está em isolamento domiciliar.

A Itália já ultrapassou a China, país em que teve os primeiros casos de pessoas com a doença, De acordo com a BBC News foram - 400 pessoas foram infectados e 12 morreram. Nesta manhã do dia 27 de fevereiro, 528 já foram confirmados no país europeu. 

A maior parte dos casos no país está na Lombardia, no norte do país: 305. Há ainda outros 98 em Veneto, onde fica Veneza; 97 na Emília-Romanha, onde fica Bolonha; 11 na Liguria, onde fica Gênova. As regiões de Marche, Lácio - onde fica a capital, Roma - e Sicília têm 3 casos cada uma.

Um dia após a confirmação do Covid-19 no Brasil, mesmo com uma das confirmações já descartadas, no estado do Ceará, no Piauí uma pessoa da cidade de Floriano apresentou sintomas da doença e passou por exames. Mas ainda não foi confirmado se a jovem de 22 anos, que está em observação no hospital da cidade de floriano está mesmo infectada.

O diretor do Hospital Regional Tibério Nunes, Justino Moreira, negou a informação de que a paciente tenha Coronavírus e que se trata apenas de uma gripe comum.

Secretaria de Estado da Saúde (Sesapi)

A rede se assistência do Piauí conta com 14 hospitais de retaguarda para receber em caráter primário possíveis casos da doença no Piauí. São eles: o Hospital de Urgências de Teresina (HUT), Hospital Universitário (HU), Hospital Infantil Lucídio Portela, Maternidade Dona Evangelina Rosa em Teresina.

Já no interior, são portas de entrada para o recebimento de possíveis pacientes contaminados o Hospital Regional Justino Luz, em Picos; o Hospital Regional Chagas Rodrigues, em Piripiri; o Hospital Regional Senador Cândido Ferraz, em São Raimundo Nonato; o Hospital Regional Senador Dirceu Arcoverde, em Uruçuí; O Hospital Regional Senador Dirceu Arcoverde, em Parnaíba; o Hospital Regional Tibério Nunes, em Floriano; Hospital Regional Deolindo Couto, em Oeiras, o Hospital Regional de Campo Maior e o Hospital Regional Manoel de Sousa Santos, em Bom Jesus.

No Estado, a unidade de referência para o recebimento e tratamento de possíveis pessoas contaminadas pelo novo coronavírus é o Hospital de Doenças Tropicais Natan Portela. Caso o paciente esteja bem, sem nenhuma complicação aparente, ele pode ficar em quarentena em casa, sendo acompanhado por uma unidade básica e pelo setor de epidemiologia da Sesapi. Mas caso ele apresente quadro de pneumonia ou Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG), ele deverá ser encaminhado para o Hospital Natan Portela onde ficará em observação.

Sintomas e cuidados de prevenção

Os sintomas do novo coronavírus são semelhantes aos de uma gripe comum como tosse, espirro, febre, cansaço, dores no corpo, inflamação na garganta e, em alguns casos, diarreia. É importante que o paciente procure um posto de saúde em caso de suspeita. A contaminação pode acontecer por vias respiratórias e contato físico com pessoas infectadas.

Recomenda-se que pessoas doentes ou com suspeita do vírus evitem aglomerações e mantenham repouso. Deve-se tapar a boca e nariz ao tossir e espirrar, higienizar as mãos e superfícies com água, álcool em gel e manter o ambiente em que se vive limpo e ventilado. Quem for viajar para áreas de risco ou quem apresentar sintomas de gripe devem fazer uso de máscaras.

Deixe seu comentário