Piauiense é morto depois de ser espancado em São Paulo

Francisco Reis de Sousa foi agredido por quatro criminosos na região metropolitana do Estado

Foto: Reprodução \ Web Francisco Reis de Sousa, de 42 anos
Francisco Reis de Sousa, de 42 anos

Um piauiense de 42 anos foi agredido até a morte por pelo menos quatro criminosos durante uma discussão banal, no município de Mariporã, região metropolitana de São Paulo. Francisco Reis de Sousa nasceu na zona rural do município de Massapê do Piauí e residia há mais de uma década em São Paulo, onde trabalhava como pedreiro.

O crime ocorreu após a vítima ter urinado na rua próximo a um bar. Um dos agressores estava com a namorada no local, não gostou da atitude da vítima e chamou mais três amigos para tirar satisfação com Francisco.

 Durante a discussão, os quatro amigos começaram agredir o piauiense até a morte, quando perceberam que a vítima já estava sem vida, os agressores subiram um escadão que fica na rua do bar onde jogaram o corpo de Francisco Reis de Sousa em um terreno baldio, próximo ao local onde o crime ocorreu.

Segundo informações, familiares de Francisco Reis, acionaram a polícia após passar mais de uma semana sem notícias. Durante a investigação do desaparecimento, a polícia recebeu uma denúncia anônima informando onde estaria um dos suspeitos de ter participado do crime.

Durante depoimento, um jovem de 23 anos confessou seu envolvimento no crime e delatou os nomes dos demais suspeitos. Dois foram presos, o terceiro conseguiu fugir durante a abordagem policial e o quarto ainda não foi identificado. Os dois jovens que foram presos eram foragidos da Justiça.

Fonte: *Com informações do portal riachaonet

Deixe seu comentário