Posse do novo ministro da Educação é adiada por causa de investigações

De acordo com informações, a data de posse para o ministro da pasta estava prevista para hoje (29), mas teria sido adiada por ser alvo de investigações.

Foto: Agência Brasil Carlos Alberto Decotelli da Silva
Carlos Alberto Decotelli da Silva

A posse do novo ministro da Educação, Carlos Decotelli, continua sem data marcada. De acordo com informações, a data de posse para o ministro da pasta estava prevista para hoje (29), mas teria sido adiada por ser alvo de investigações, acusado em falsificar o currículo de doutor e pós-doutor em duas universidades, além de outras acusações envolvendo o histórico de plágio durante o mestrado.

No currículo de Decotelli, dizia que ele é bacharel em Ciências Econômicas pela UERJ, Mestre pela FGV, Doutor em Administração pela Universidade de Rosário, Argentina e Pós-Doutor pela Universidade de Wuppertal, na Alemanha.

Doutorado

Na sexta (26), antes de alterar o currículo após tomar conhecimento das acusações, constava originalmente a informação de doutorado na Universidade Nacional de Rosário concluído em 2009, com a tese "Gestão de Riscos na Modelagem dos Preços da Soja", sob orientação de Antonio de Araujo Freitas 

Decotelli alterou o título da tese e o nome do orientador. O campo "Título" foi preenchido com "Créditos concluídos". E, no campo "Orientador", passou a ser listado: "Sem defesa de tese".

De acordo informações, do reitor da Universidade de Rosário, Franco Bartolacci, Decotelli não havia concluído todo o curso, mesmo completando todos os créditos. A fase final da graduação não foi concluída, ou seja, a defesa da tese, por este motivo ele não recebeu o título de Doutor. 

Pós-doutorado

Outra informação é com relação à pós-graduação, que de acordo com a Universidade de Wuppertal, na Alemanha, Decotelli não adquiriu o título de pós-doutor.

"O Prof. Dr. Carlos Decotelli se aproximou da Profa. Dra. Brigitt Wolf para uma estadia de pesquisa de três meses em janeiro de 2016. Até 2017, ela foi professora de teoria do design, com foco em metodologia, planejamento e estratégia na Universidade de Wuppertal e é agora emérita. Carlos Decotelli não adquiriu um título em nossa universidade. Ele não foi um pós-doc em nossa universidade. A Universidade de Wuppertal não pode se pronunciar sobre títulos adquiridos no Brasil", informou a Universidade de Wuppertal em nota.

Nesta segunda (29), ele alterou mais uma vez o currículo na plataforma Lattes, desta vez, para excluir a citação ao pós-doutorado.

Acusado de plágio

No sábado (27), a Fundação Getúlio Vargas (FGV), havia anunciado que iria "apurar os fatos referentes à denúncia de plágio na dissertação do ministro Carlos Alberto Decotelli". A suspeita é que o novo ministro da Educação tenha cometido plágio no trabalho apresentado em 2008 para a conclusão de um mestrado em Administração na instituição.

Data da posse

Em nota, a Secretaria de Comunicação da Presidência disse que não havia confirmado a data da posse para a imprensa e que a cerimônia continua sem dia marcado.

"Em nenhum momento a Secom confirmou o evento à imprensa e, até agora, não há previsão para essa cerimônia", afirmou a nota.

Fonte: com informações do G1

Deixe seu comentário