Prédio residencial desaba e deixa mortos na Índia

Equipes de resgate buscam entre 40 e 50 desaparecidos sob os escombros de imóvel de quatro andares que desabou em Mumbai.

Foto: Reprodução/internet Criança foi resgatada dos escombros de prédio que desmoronou em Mumbai, na Índia, nesta terça-feira (16)
Criança foi resgatada dos escombros de prédio que desmoronou em Mumbai, na Índia, nesta terça-feira (16)

Um prédio residencial de quatro andares desabou nesta terça-feira (16), em Mumbai, na Índia, deixando dois mortos, de acordo com a Associated Press. As equipes de resgate buscam entre 40 e 50 desaparecidos sob os escombros.

Várias ambulâncias e equipes de resgate dos bombeiros seguiram para Dongri, um bairro residencial muito populoso no sul da cidade, logo depois que o imóvel desmoronou por volta das 11h40 (horário local, 3h10 de Brasília).

A imprensa local mostrou que uma longa corrente humana se formou para remover os destroços manualmente já que a região é de difícil acesso para as máquinas de terraplanagem.

Foto: Reprodução/internetEquipes de resgate fazem buscas após prédio residencial desaba em Mumbai, na Índia, esta terça-feira (16)
Equipes de resgate fazem buscas após prédio residencial desaba em Mumbai, na Índia, esta terça-feira (16)

"Entre 40 e 50 pessoas certamente estão presas sob os escombros", informou o Departamento de Gestão de Desastres da Corporação Municipal da Grande Mumbai, de acordo com a Efe.

Três pessoas, entre elas uma menina, foram retiradas com vida dos escombros e foram levadas para o hospital.

Uma autoridade disse a repórteres que o prédio tinha 100 anos e que 15 famílias moravam no local. Segundo o porta-voz do corpo de bombeiros, Ashok Talpade, as famílias foram orientadas a desocupar o prédio há algum tempo, mas permaneceram no local.

"A queda do prédio fez um barulho tão grande que achamos que tinha acontecido um terremoto", disse um morador ao canal New Delhi Television.

Os desabamentos de prédios e de estruturas mal construídas ou com falta de manutenção são frequentes no período de moções, que dura de junho a setembro na Índia.

No início do mês, um muro desabou na periferia de Mumbai por causa das fortes chuvas e matou 22 pessoas.

Em agosto de 2017, as chuvas torrenciais paralisaram Mumbai por dois dias e fizeram 10 mortos.

Fonte: G1

Deixe seu comentário