Rafinha vê Flamengo como maior do Brasil e avisa: "Quero títulos, estou com fome"

None

Foto: Reprodução (Internet) Rafinha vê Flamengo como maior do Brasil
Rafinha vê Flamengo como maior do Brasil

Falta pouco para Rafinha começar uma nova fase em sua vida. Após 14 anos na Europa, o lateral-direito desembarca no Rio de Janeiro no início da tarde desta segunda-feira para se apresentar ao Flamengo. Antes disso, recebeu o Esporte Espetacular em Londrina-PR, terra natal, para uma entrevista exclusiva, onde justificou a escolha pelo Rubro-Negro.

- Tem alguns meses que estou nessa decisão de voltar para o Brasil. Tinha a oportunidade de ficar na Europa, eu estava analisando. Mas, quando veio o Flamengo, foi uma troca de carinho com a nação rubro-negra. Também com os dirigentes, que me respeitaram e fizeram o maior esforço para que eu pudesse vir para o Flamengo, que é um dos maiores clubes do mundo. É conhecido não só no Brasil, mas mundialmente. Saindo de um gigante europeu, o maior time da Alemanha, e vindo para um dos maiores do mundo e maior do Brasil, foi a melhor escolha. Claro que respeitando os outros, pois o Brasil tem vários clubes grandes. Mas o Flamengo é o clube que melhor se encaixava comigo, já que estou acostumado a ganhar títulos, a sempre disputar, jogar em clube grande. Então, o Flamengo foi a melhor escolha - declarou.

Aos 33 anos, Rafinha chega ao Flamengo depois de oito temporadas consecutivas no Bayern de Munique, onde conquistou 18 títulos, com destaque para a Liga dos Campeões, o Mundial de Clubes e o Campeonato Alemão (sete vezes). Mas, nesse quesito, a saciedade passa longe.

- Estou vindo para competir. Quero jogar, ganhar, conquistar títulos, escrever meu nome aqui no Flamengo. Estou com fome, com vontade de ser campeão.

Rafinha contou que teve propostas de clubes de Itália, Inglaterra, Alemanha e Espanha. Mesmo assim, optou por voltar ao Brasil. A principal motivação?

- Foi pela minha família. Eu já estava sentindo falta de estar mais presente aqui. Das minhas filhas, que estão crescendo, passei algum tempo distante delas por questões pessoais. É legal estar perto da minha mãe, dos meus irmãos, dos meus amigos, da minha namorada (que está grávida do seu terceiro filho, o primeiro menino). Essa é a questão principal, estar perto daqueles que eu amo, que sempre estiveram comigo. Agora eles vão poder me acompanhar mais de perto. A questão familiar foi mais importante para mim, já que tive várias ofertas de grandes clubes do futebol europeu. Resolvi voltar para minha casa, para o meu país, acho que foi a melhor escolha.

E o novo reforço do Flamengo fez questão de elogiar uma pessoa em especial nesse processo de negociação: Marcos Braz, vice-presidente de futebol do clube.

- O Flamengo fez um grande esforço para eu voltar. O projeto que me apresentaram, as condições do clube hoje... Tudo foi importante. Mas a pessoa chave mesmo foi o Marcos Braz. Esse cara foi muito correto comigo. Fizemos uma reunião eu, ele e o Lincoln (ex-jogador que o representa) no Ano Novo, ficamos a tarde inteira em um hotel em São Paulo. Ele apresentando tudo, abriu mão também de passar o final de ano com a família dele. Teve muito respeito comigo. A palavra é muito importante, e ele foi muito correto comigo. Foi à Alemanha mais de uma vez, respeitou o meu momento, pedi a ele, pois estava em contrato com o Bayern de Munique. Para não me atrapalhar, para mantermos o acordo na palavra mesmo. E ele foi firme até o fim. Foi me buscar lá, me convenceu, pois conversamos muitas e muitas horas por telefone. Estava sempre disposto a escutar e tirar minhas dúvidas, procurando ser o mais sincero e realista possível. Então, acho que ele foi a pessoa responsável. Foi uma pessoa que me surpreendeu muito.

- Vou creditar ao Marcos Braz minha vinda para o Flamengo, sem sombra de dúvida.

Rafinha, que já tem boa relação com o meia Diego e o goleiro Diego Alves, conhecerá os demais companheiros e o técnico Jorge Jesus nesta segunda à tarde. Na terça, após o treino da manhã, será apresentado oficialmente à imprensa como novo jogador do Flamengo.

Fonte: Globo Esporte

Deixe seu comentário