Saúde apresenta melhorias na Maternidade Dona Evangelina Rosa

Os resultados foram apresentados em reunião com a presidente do Conselho Regional de Medicina (CRM), Mirian Parente.

Foto: Reprodução/Internet Saúde apresenta melhorias na Maternidade Dona Evangelina Rosa
Saúde apresenta melhorias na Maternidade Dona Evangelina Rosa

Com objetivo discutir as ações que vem sendo desenvolvidas para reestruturação da Maternidade Dona Evangelina Rosa (MDER), o secretário de Estado da Saúde, Florentino Neto, reuniu-se com a presidente do Conselho Regional de Medicina (CRM), Mirian Parente, e com o de Grupo Trabalho para Desenvolvimento de Ações de Reestruturação da MDER.



Florentino Neto afirmou que as melhorias estruturais que foram recomendadas pelo Conselho serão concluídas até o final do mês e são executas nas seguintes áreas: infraestrutura, tecnologia da informação, controle, licitações, gestão de pessoas, regulação, laboratório clínico.



O secretário apresentou os recursos aplicados na Maternidade durante os meses de novembro de dezembro, “que totalizaram R$ 5,2 milhões, tanto para custeio como para investimentos. Associados aos investimentos financeiros, temos um grupo de trabalho monitorando diversas áreas para que a assistência materno-infantil seja ofertará com mais qualidade aos pacientes”.



Além disso, o gestor apresentou as ações que contemplam o acompanhamento do comparecimento dos 92 concursados que irão atuar em em hospitais estaduais, pagamento de prestadores de serviço, bem como o cronograma de pagamentos até o dia 20 de fevereiro de 2019.



Florentino apresentou ainda o planejamento para realização de novo concurso público, além do cronograma das obras em execução, por serem executadas e das que serão objeto de licitação.



O diretor da Maternidade, Francisco Macedo, ressaltou a necessidade de condições para executar as reformas, pois a superlotação sempre foi um impeditivo. Para tanto, um fluxo de atendimento adequado permitirá melhor assistência e também que as reformas sejam executadas. O gestor ressaltou que parte das reformas e providências em execução devem ser concluídas até o dia 30.



A presidente Mirian Parente e membros do Conselho reconheceu os avanços e que a realização de um nova vistoria na Maternidade Dona Evangelina Rosa será submetida ao Colegiado e, se aprovada, poderá ser realizada no dia 30 de janeiro.



Nova Maternidade



O secretário Florentino Neto apresentou ainda o prazo de execução das obras da Nova Maternidade, que será entre em 24 meses. O novo prédio vai funcionar na zona leste de Teresina. Ele afirmou que já está empenhado um monte de R$ 51 milhões para as obras e o Governo do Estado terá como contrapartida R$ 17 milhões, totalizando R$ 68 milhões. A obra custará mais de R$ 80 milhões.

Deixe seu comentário