SDU monitora pontos críticos para minimizar alagamentos na zona Leste

None

Foto: Reprodução/web SDU monitora pontos críticos para minimizar alagamentos na zona Leste
SDU monitora pontos críticos para minimizar alagamentos na zona Leste

Após as fortes chuvas ocorridas na madrugada e na manhã desta quinta-feira (16), a equipe de limpeza da Superintendência de Desenvolvimento Urbano Leste está monitorando pontos críticos da região para averiguar os transtornos causados pelas chuvas.

A ação é feita de forma preventiva, com o intuito de evitar o alagamento das ruas em decorrência do acúmulo de lixo, que bloqueiam a passagem das águas nos bueiros, por exemplo.

“Nossa equipe de limpeza está atualmente percorrendo as galerias dos bairros São Cristóvão (Maloca) para promover a desobstrução e garantir o perfeito escoamento das águas pluviais, além de impedir que o material sólido retido durante as chuvas cause maiores transtornos. Após esse trabalho, que chamamos de Rota das Chuvas, voltaremos aos serviços normais que se encontram na programação semanal de limpeza”, declarou o gerente de Serviços Urbanos da SDU, Trajano Nunes.

Há ainda a equipe de podas percorrendo as áreas mais críticas da zona Leste, como a Avenida Presidente Kennedy, para monitorar as áreas do canteiro central, por exemplo.

Além da equipe de limpeza da Gerência de Serviços Urbanos, a SDU Leste também conta com a atuação de uma equipe de fiscais da Gerência de Obras e Serviços, que está monitorando também áreas de risco e averiguando buracos em vias para promover os reparos necessários, de acordo com a urgência.

A Prefeitura detecta, constantemente, o descarte incorreto de lixo em áreas públicas, verdes e de preservação ambiental. Sobre isso, o superintendente João Pádua também alerta a população para a importância de evitar o acúmulo ou descarte irregular de lixo em áreas de proteção ambiental.

“Nosso maior objetivo, neste aspecto, é promover a conscientização das pessoas, para que elas se sintam mobilizadas a participarem conosco da limpeza nos bairros. Juntos, podemos trabalhar com ações mais direcionadas, com a finalidade de manter a nossa região mais limpa. Solicitamos também o apoio da população no sentindo de fazer o acondicionamento do lixo da maneira correta e também em evitar despejar materiais em praças e no meio de ruas e avenidas”, disse o gestor.

A Superintendência conta sempre com a colaboração da população no trabalho de conservação desses espaços. Nesse sentindo, a comunidade pode ajudar o órgão com informações ou denúncias sobre descarte incorreto de lixo domiciliar ou material sólido pelos números (86) 3215-7875 e 7874 ou pelo aplicativo Colab.

Fonte: Prefeitura de Teresina

Deixe seu comentário