Serviço Escola de Psicologia da Uespi capacita alunos e oferece atendimento gratuito

Mais de 50 estudantes colaboram com a iniciativa que atende tanto profissionais e discentes da universidade, como o público externo.
Por Redação Verdes Campos Sat 6 de Abril de 2021 às 14:09

Foto: Reprodução/ Ascom Serviço Escola de Psicologia da Uespi capacita alunos e oferece atendimento gratuito
Serviço Escola de Psicologia da Uespi capacita alunos e oferece atendimento gratuito

O Serviço Escola de Psicologia (SEP) da Universidade Estadual do Piauí (Uespi) é responsável pelo estágio clínico dos alunos que estão nos períodos finais do Curso de Psicologia. Mais de 50 estudantes colaboram com a iniciativa que atende profissionais, alunos da Uespi e público externo.

De acordo com o coordenador de Estágio do Curso de Psicologia, Dyego de Carvalho Costa, o objetivo do SEP é preparar os alunos por meio do estágio para que eles desenvolvam habilidades terapêuticas nas especialidades da psicologia clínica.

“O estágio em clínica tem duração de 200 horas, sendo 100h em cada semestre. Os discentes se distribuem em cinco abordagens: Abordagem Centrada na Pessoa; Análise do Comportamento; Análise Bioenergética; Psicanálise e Terapia Cognitivo-comportamental. Cada uma dessas abordagens é supervisionada por um professor com experiência clínica na área”, esclareceu o professor.

Site do SEP para agendamentos

Alyson Livio, estudante do 10º período, participa do SEP e relata que a experiência adquirida tem sido positiva. “É um serviço gratuito para a comunidade e que oferece para mim possibilidades de crescimento profissional, além de me proporcionar experiências que vão somar para minha formação”, finalizou o aluno.

Serviços

Neste semestre, o SEP está atuando com 51 alunos, sendo 19 estudantes do 10º período e 32 do nono período. Desde março deste ano, o grupo realiza atendimentos virtuais.

Para o agendamento dos atendimentos, foi criado um site para atender a demanda. Contudo, após o procedimento inicial, as sessões são realizadas na plataforma Google Meet.

Fonte: *Com informações da Ascom.

Deixe seu comentário