Sindicatos piauienses são contra o retorno de aulas presenciais

Os servidores argumentam que é preciso haver total segurança, sem colocar em risco à saúde de todos os envolvidos no ensino educacional.

Foto: Reprodução/Sinte-PI Sindicato se mobiliza contra o retorno de aulas presenciais em meio à pandemia
Sindicato se mobiliza contra o retorno de aulas presenciais em meio à pandemia

Alguns profissionais da educação afirmaram nesta quinta-feira (13), que caso não haja uma vacina contra à Covid-19, os trabalhadores irão fazer uma greve geral. Os servidores argumentam que é preciso haver total segurança, sem colocar em risco à saúde de todos os envolvidos no ensino educacional. 

A informação foi repassada pelos presidentes dos sindicatos dos Trabalhadores em Educação do Piauí (Sinte-PI), Paulina Almeida, e dos Servidores Municipais de Teresina (Sindserm), Sinésio Soares, durante uma audiência pública realizada pela Comissão de Saúde, Educação e Cultura.

Segundo a presidente do Sinte-PI, além dos órgãos piauienses, a Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação (CNTE), também já decidiu fazer uma greve contra o retorno do modelo de aulas presenciais em todo o país. 

Segundo o presidente do Sindserm, se nada for feito com relação à proteção segura de todos, a greve vai continuar por tempo indeterminado. “Queremos uma educação sem covid e para o retorno das aulas presenciais precisamos ter uma vacina”.

Ainda durante o encontro, a presidente do Sinte-PI pediu para que fosse votado, na Assembleia Legislativa do Piauí (Alepi), um Projeto de Lei (PL) com procedimentos e normas para o reinício das aulas presenciais. 

Além dos representantes citados acima, outras pessoas também estiveram presentes durante o encontro, como o presidente do Sindicato dos Trabalhadores dos Estabelecimentos Particulares de Ensino, Kleber Ibiapina, e a representante da União Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação no Piauí (Undime-PI), Érica Graziela, ambos à favor da greve geral. 

PL 

Foto: Reprodução/AlepiDeputados aprovam PL com medidas de segurança e higiene na volta às aulas presenciais
Deputados aprovam PL com medidas de segurança e higiene na volta às aulas presenciais

Ontem, 12 de agosto, foi aprovada na Assembleia Legislativa do Piauí (Alepi) o PL 129/2020 do deputado Francisco Limma (PT). Com base na proposta, recomenda-se que seja feita a testagem dos profissionais de educação e dos estudantes durante a pandemia do novo coronavírus, além da adoção de outras medidas preventivas, como a obrigatoriedade do uso de máscaras.

Vacinas

Atualmente no Brasil existem duas vacinas sendo testadas, ambas na fase três, sendo a de Oxford, do Reino Unido, e a da Sinovac, da China. No entanto, diversos cientistas afirmam que só será possível ter uma vacina contra à Covid-19 no final deste ano ou em 2021.

Deixe seu comentário