Suspeito de matar policial militar é preso na BR 343

O acusado foi preso com drogas dentro de uma van, na cidade de Piripiri.
Por Luis Fernando Amaranes 5 de Março de 2020 às 08:55

Um suspeito de participar da morte do policial militar identificado como Raimundo Alves de Oliveira, foi preso na tarde dessa última quarta-feira (04), na BR 343, no município de Piripiri, distante 166 quilômetros de Teresina.  

De acordo com informações da Polícia Rodoviária Federal (PRF), o indivíduo de 32 anos, que não teve o nome revelado, foi preso dentro de uma van. Durante a prisão, os policiais apreenderam 140 gramas de substância análoga a maconha, cinco gramas de cocaína e 48 pinos de cocaína, além de balança de precisão e um caderno de anotações.  

Foto: Divulgação/ Polícia Rodoviária Federal (PRF)As drogas foram encontradas com o suspeito de participar da morte do policia militar.
As drogas foram encontradas com o suspeito de participar da morte do policia militar.

Ainda de acordo com a PRF, as drogas estavam em malotes e foram encontradas dentro de uma mala de viagem. O homem possui várias passagens pela polícia e responde por associação ao tráfico, tráfico de drogas, roubo e porte ilegal de armas.

O suspeito e os materiais apreendidos foram encaminhados para a Delegacia de Piripiri para procedimentos cabíveis. O homem irá responder por tráfico de drogas e associação ao tráfico.  

Entenda o caso

Um policial militar identificado como Raimundo Alves de Oliveira, morreu após reagir a um assalto na manhã do último domingo (01). O crime aconteceu no bairro Novo Horizonte, região sudeste de Teresina.

De acordo com informações da Polícia Militar, o cabo estava chegando em casa, quando quatro criminosos armados chegaram em um carro e anunciaram o assalto. Durante a tentativa de roubo, o policial tentou revidar com uma arma, quando um dos criminosos disparou três tiros contra a vítima. Em seguida os assaltantes fugiram do local. O policial não resistiu aos ferimentos e morreu.

Suspeitos são mortos durante confronto com policiais

Dois criminosos acusados de cometerem a morte do policial, foram mortos após trocas de tiros com polícia, no último domingo (01), na zona leste da capital.

De acordo com informações do Major Audivan Nunes da Polícia Militar, os bandidos estavam armados, não obedeceram a voz de prisão e dispararam contra os policiais. Durante o confronto, os criminosos foram baleados e encaminhados em estado grave para o Hospital de Urgência de Teresina (HUT), mas não resistiram aos ferimentos e morreram.

Os policiais conseguiram apreender com um dos suspeitos, uma arma de fogo, televisores e vários celulares roubados. Outros dois suspeitos que participaram da tentativa de assalto, foram presos pela Polícia Militar. 

Deixe seu comentário