Suspeitos armados e encapuzados invadem residência de vereador em Teresina e fazem arrastão

Segundo o vereador, o crime aconteceu por volta de 6h deste sábado (15). O parlamentar afirmou que os bandidos permaneceram na residência por cerca de uma hora.

Foto: Reprodução\ Web Bandido disse a vereador que ação era 'parada dada': tem alguém querendo prejudicar você e a nós
Bandido disse a vereador que ação era 'parada dada': tem alguém querendo prejudicar você e a nós

Homens armados invadiram a residência do vereador Italo Barros(PTC), fizeram ele, os pais do parlamentar e a namorada reféns e roubaram vários objetos da casa. Segundo o vereador, o crime aconteceu por volta de 6h deste sábado (15).

Os criminosos reviraram a residência do vereador e fugiram levando joias, carro, celulares, televisores e ar-condicionado. O parlamentar afirmou que os bandidos permaneceram na residência por cerca de uma hora.

O vereador conta, que pela manhã a residência foi invadida por quaro suspeitos armados enquanto os outros quatro ficaram do lado de fora, eles renderam os seguranças que estavam chegando ao local, depois entraram nas dependências da casa e renderam os pais dele e a namorada. E que foram todos trancados em um quarto enquanto eles pegavam os objetos

Os bandidos, antes de deixar o local, afirmaram para a vítima que ação era 'parada dada' e tinha alguém querendo prejudicar eles e o vereador.

Segundo o parlamentar, a frase foi dita durante uma discussão depois que ele se identificou como vereador da capital.

E que um dele afirmou que tinha alguém querendo prejudicar ele, e a eles também porque a ação criminosa tinha sido uma parada dada. Eles receberam a informação de que havia muito dinheiro na casa.

Italo Barros (PTC) afirmou que vai recolher as imagens de segurança e encaminhá-las para a polícia com intenção de prender os suspeitos.

A Polícia Militar foi chamada e realizou buscas com objetivo de prender os suspeitos, mas até o momento ninguém foi encontrado.

A Secretaria de Segurança informou que a responsável pela investigação é delegada do 25º Distrito Policial, Andrea Magalhães, que está colhendo todas as informações sobre o crime.

Fonte: Redação

Deixe seu comentário