Timon-MA recebe doses e inicia imunização contra a Covid-19

As seis primeiras doses da vacina foram aplicadas em profissionais da Saúde
Por Redação Verdes Campos Sat 20 de Janeiro de 2021 às 14:54

Foto: Divulgação Timon recebeu 1.330 doses da Coronavac
Timon recebeu 1.330 doses da Coronavac

A imunização contra a Covid-19 na cidade Timon, no Maranhão, teve início nesta terça-feira (19). As 1.330 doses da Coronavac chegaram ao município às 15h, no aeroporto particular Domingos Rêgo. As doses serão administradas pela equipe da Vigilância Epidemiológica.

As seis primeiras doses da vacina foram aplicadas em profissionais da Saúde em uma cerimônia simbólica no auditório da Unidade Básica de Saúde do Parque Piauí. A primeira pessoa a receber a dose foi a técnica de enfermagem do Samu, Conceição de Maria Paula Lima Oliveira, 58 anos. 

“Eu me sinto muito honrada em ser a primeira pessoa, foi com muita coragem e esperança de dias melhores para todos nós, peço as pessoas que não tenham medo, que tomem a vacina. É uma proteção e uma grande esperança e alegria”, falou Conceição de Maria muito emocionada.

Foto: DivulgaçãoPrimeira pessoa a receber dose contra Covid-19
Primeira pessoa a receber dose contra Covid-19

A prefeita de Timon, Dinair Veloso, destacou a ação como um momento histórico e importante para a cidade. 

"É um momento de alegria ver a vacinação e ter essas pessoas que estão representando todos àqueles que estiveram na linha de frente combatendo e arriscando suas vidas para salvar muitas outras, somos muito gratos por todos que trabalham na saúde, estamos celebrando essa grande conquista”, afirma.

Primeira fase

Com base no plano de vacinação, serão vacinados, nesta primeira fase, os profissionais da saúde que atuam na linha de frente de combate à doença. A vacinação será realizada no local de trabalho dos mesmos e feita pelos vacinadores capacitados pela equipe de Vigilância Epidemiológica do município.

“A quantidade de doses ainda é pequena e insuficiente para vacinar todos os nossos profissionais como gostaríamos e por isso fizemos uma estratégia de priorização. Nesse primeiro momento, a vacinação será para os profissionais da rede de atendimento que trabalham diretamente com os pacientes com a doença”, afirma o secretário de saúde, Jefferson Veras.

Deixe seu comentário